Na instituição, além da refeição, é oferecido reforço escolar, aulas de idiomas, dança, informática e espaço para atividades esportivas, de modo que as tirem da rua e da marginalidade. Foto: Varlei Cordova/AGORA MT
Na instituição, além da refeição, é oferecido reforço escolar, aulas de idiomas, dança, informática e espaço para atividades esportivas, de modo que as tirem da rua e da marginalidade. Foto: Varlei Cordova/AGORA MT

Com 22 anos de atividades dedicadas a crianças e adolescente com idade entre 6 e 14 anos, a Casa do Adolescente de Rondonópolis pode encerrar as atividades por dificuldades financeiras.

A coordenadora da casa, Rosangela Ramos Duarte Ocampos, explicou que a instituição recebia da prefeitura municipal um repasse de R$ 1500 e eram disponibilizados cinco professores para desenvolver os projetos, contudo o repasse foi reajustado para R$ 3.450, mas em contrapartida todos os servidores foram retirados, o que aumentou significativamente as despesas e encargos da Casa do Adolescente.

Rosangela observou que a única receita fixa que a instituição possui é o repasse da prefeitura, mas que esse valor juntamente com as doações, principalmente de alimentos, não são suficientes para arcar com as despesas de quase R$ 10 mil ao mês. Tendo em vista que boa parte é referente a funcionários e encargos.

Leia também:  Escola pega fogo e alunos ficam sem aula na Vila Operária

Como forma de evitar o fechamento da casa a coordenadora explicou que alguns projetos, como dança e informática, devem ser suspensos para reduzir as despesas, além da refeição que será reduzida significativamente de modo que possa dispensar uma cozinheira e diminuir os gastos. A coordenadora espera que um dia a situação seja normalizada e as atividades sejam retomadas.

“Temos um prédio com uma excelente infraestrutura, mas infelizmente com doações e trabalho voluntário está quase impossível manter as atividades. Me doe o coração, só de pensar em ter que chamar os pais das crianças e colaboradores e comunicar o fechamento da Casa”, disse Rosangela com os olhos cheio de lágrima.

ATIVIDADE

A Casa do Adolescente atende 100 crianças e adolescentes vulneráveis e que vivem em situação de risco. Na instituição, além da refeição, é oferecido reforço escolar, aulas de idiomas, dança, informática e espaço para atividades esportivas, de modo que as tirem da rua e da marginalidade.

Leia também:  Transporte público será gratuito no desfile de 7 de setembro em Rondonópolis

Aos 14 anos muitos adolescentes são encaminhados para projetos, em outras instituições como o Senai, que oferecem possibilidade de formação profissional e estágio remunerado.

 

ARRECADAÇÃO DE FUNDOS

Como forma de tentar continuar com as atividades a Casa do Adolescente realiza no próximo dia 04 de maio, um Bazar Beneficente e no dia 07 de julho uma Peixada, ambos com a finalidade de manter as atividades da instituição.

Para o Bazar a coordenadora disse que aceita doações de roupas e objetos, em boas condições, para que possam ser vendidos.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.