A família Fittipaldi pode vir a ter mais um piloto na categoria máxima do automobilismo mundial. O neto do bicampeão de F1, Emerson Fittipaldi, já está morando na Inglaterra onde irá competir em dois campeonatos de monopostos, a F-4 e a F-Renault inglesa. Pietro, que ano passado foi campeão de uma divisão regional da Nascar e que tinha tudo para seguir uma carreira de sucesso nos Estados Unidos, foi convencido pelo avô e por Carlos Slim, homem mais rico do mundo e dono da companhia de telecomunicações Claro, a mudar o rumo de sua carreira em direção a F1. Carlos Slim é o responsável pelo programa que levou os mexicanos Sergio Perez e Esteban Gutierrez a F1.

“Com o Perez e o Gutierrez, este programa mostrou que deu resultados, e ter o Pietro participando dele só pode me deixar feliz. O caminho para chegar à Formula 1 é muito difícil, e essa oportunidade é muito importante. O Pietro vai ter seus momentos de frustração, mas é uma escola que dá a ele a chance de aprender. É um caminho muito longo. Ele esteve dois anos e meio na Nascar e foi muito bem, mas guiará um carro diferente, com peso diferente, e agora vai virar para a esquerda e para a direita,” ressaltou Emerson, fazendo referência aos circuitos ovais norte-americanos.

Respondendo as perguntas por meio de uma videoconferência, Pietro falou sobre o que espera dessa nova fase na carreira.

“Sei que tem uma pressão enorme, mas tenho que criar o meu nome, Pietro Fittipaldi. Para mim é um caminho diferente. Sei que, se não for bem eu posso voltar, mas com muita dedicação e determinação vou conseguir. Tudo é uma escola. Vou aprender muitas coisas, vai ser um desafio muito difícil, mas não posso deixar passar esta grande oportunidade. Se Deus quiser, posso chegar uma dia à Formula 1 andando bem. Meu avô me apoia muito, ele sempre me liga antes das corridas. Tenho certeza que este apoio me ajudará bastante,” continuou.

A estreia de Pietro na Europa já tem data marcada. A temporada da F-Renault Britânica começa nos dias 13 e 14 de abril, em Donington Park. A categoria é composta por 16 provas, divididas em seis etapas. Pilotos como Antônio Pizzonia e Lewis Hamilton já foram campeões da categoria. Duas semanas depois, o piloto brasileiro fará sua estreia na F-4, em Silverstone. O campeonato conta com oito rodadas, cada uma com três corridas. Caso Pietro chegue a F1, será o primeiro caso de uma família com três gerações na categoria. Emerson correu na F1 entre 1970 e 1980. Wilsinho entre 1972 e 1975 e seu filho, Christian, entre 1992 e 1994

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.