futebol
Equipe conquista o tetra campeonato e a vaga para Copa do Brasil 2014(Foto: Robson Boamorte/GLOBOESPORTE.COM)

Dramático, emocionante e, sem dúvida, surpreendente até o final. O campeonato Mato-grossense de Futebol terminou neste domingo (5) pela segunda vez consecutiva na cobrança de pênaltis. Quem levou a melhor foi o Cuiabá. Após garantir um placar de 2 x 1 nos 90 minutos de partida, o Dourado tirou o título do Mixto, que entrou no segundo jogo da final precisando somente de um empate, ao arrancar um 3 x 2 nas cobranças de pênalti.

Os cinco homens do Mixto que cobraram os pênaltis foram escolhidos ‘a dedo’ pelo técnico Cláudio Adão: Kal, Robinho, Jorginho, Paulo Henrique e Felipe Adão. Ary Marques levou à cobrança os jogadores: Adriano Paraná, Natan, Fernando, Renan, Natanael.
O Mixto, que treinou cobranças de pênalti até altas horas deste sábado, errou nos chutes. Robinho viu seu chute ser defendido pelo goleiro Laênio. Robinho e Felipe Adão também erraram. Com o placar de 3 x 2 nas penalidades, o Cuiabá sagrou-se tetra campeão do Mato-grossense de Futebol.

Leia também:  União volta a campo precisando vencer o Dom Bosco

A multidão que lotou o Dutra neste domingo viu com os próprios olhos dois momentos do jogo. No primeiro tempo, um Mixto abrindo o placar e garantindo o título e, no segundo tempo, o Cuiabá reagindo e levando a decisão para o mata-mata. Ao final dos 90 minutos, o placar ficou em 2 x 1 para o Cuiabá, que precisava, justamente, deste resultado para levar a disputa pela taça nas cobranças de pênalti.

O primeiro gol do Mixto saiu após uma confusão na área. De cabeça, o camisa 79, Felipe Adão, que é filho do técnico Cláudio Adão, garantiu o gol aos 31 minutos do primeiro tempo. O Mixto saiu aplaudido pela torcida já que tinha a vantagem em campo até aquele momento. No segundo tempo, Marcão, do Cuiabá, igualou o placar e o Atacante Fernando, após receber a bola pela direita do gramado, garantiu a primeira vitória do ‘Dourado’ na final.

Com o resultado, o Cuiabá, que disputa a Série C neste ano, tem vaga garantida na edição 2014 da Copa do Brasil. O Mixto ainda volta aos gramados para disputar a edição 2013 da Série D.

Leia também:  União vai enfrentar o Dom Bosco na Arena pelo Sub-19

Cuiabá e seu time `caseiro`
No início do campeonato, a diretoria do Cuiabá montou um time ‘barato’ e ‘caseiro’. A tática deu certo, pois a meta inicial era apenas “disputar” a competição.

O Cuiabá chegou a ficar fora do G-4 durante a primeira fase do campeonato, mas se recuperou e chegou a se manteve invicto em oito rodadas do campeonato, até perder para o Mixto na primeira partida da final. O time conquistou a classificação na segunda fase do campeonato quando venceu o Mato Grosso.

A equipe acumula a terceira final do Mato-grossense. Em 2011, venceu o Barra do Garças e, em 2012, perdeu para o Luverdense nos pênaltis. O artilheiro do time é o atacante Igor, com oito gols marcados.

Mixto de Cláudio Adão
O Mixto teve um desempenho irregular na primeira fase do Mato-grossense. Chegou na última rodada da primeira fase podendo ficar de fora da semifinal da competição. Se classificou em quarto lugar com um empate em 0 a 0 contra o próprio Cuiabá.

Leia também:  Diretoria do União deve apresentar equipe dia 14

O time é o maior campeão estadual, com 24 títulos. O treinador Cláudio Adão assumiu o time na vice-liderança (10ª rodada) para substituir Eduardo Henrique. Adão foi contratado para dar mais visibilidade ao ‘Tigre da Vargas’.

Depois da chegada de Cláudio Adão, oito jogadores foram contratados. Na semifinal, o Mixto venceu o até então favorito Luverdense. Foram duas vitórias. Na primeira final, o alvinegro levou a melhor e venceu o Cuiabá por 1 x 0. Com o placar, a equipe tinha a vantagem de poder conquistar o título até com um empate.

Cláudio Adão esperava com o Mixto, o primeiro título da carreira como treinador, após quase 40 conquistas como atleta. O artilheiro do alvinegro nesta edição do Mato-grossense foi o atacante Paulo Henrique, com seis gols.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.