Com o objetivo de integrar os serviços públicos e privados voltados à intermediação de mão de obra e capacitação profissional, a secretaria municipal de Promoção e Assistência Social, via Departamento de Políticas do Trabalho, realiza na próxima quarta-feira (8), na Praça Brasil, a 1ª Feira do Mundo do Trabalho.

A Feira é um evento aberto ao público, mas principalmente para quem está à procura de estágio e emprego, além de cursos de qualificação profissional e geração de renda alternativa, bem como de orientação sobre empreendedorismo, desenvolvimento de carreiras, mercado de trabalho e inovação.

O horário de funcionamento da Feira será das 8 às 17 h. “Queremos levar para mais próximo de todos os serviços da secretaria, promovendo oportunidades, conhecimento e dando atenção à população”, disse a secretária municipal de Promoção e Assistência Social, Claudia Virgilio. “Temos na praça (Brasil) uma série de serviços que estarão sendo disponibilizados à população. Será uma oportunidade de orientar aqueles que buscam emprego”, completou.

Leia também:  Cinco bandas agitam Rondonópolis no 3º Cerrado Fuzz Festival em agosto

O evento oportunizará aos visitantes ofertas de emprego, estágios, cursos de capacitação, orientação profissional, elaboração de currículo e emissão de carteira de trabalho e ações de cidadania, incentivando o cidadão a buscar o desenvolvimento profissional, por meio de metodologias inovadoras, dentro de uma visão de inclusão, tendo o direito ao trabalho como um valor inegável da cidadania. A previsão é de que passe pelo local da Feira cerca de mil pessoas durante todo o dia.

“Além de encaminhamentos de emprego, os visitantes serão atendidos com serviços como cadastramento de currículos, orientação e encaminhamento para entrevistas de empregos, recrutamento e seleção, palestras, pré-matrículas de para cursos de formação e qualificação profissional”, revelou a gerente do Departamento de Políticas do Trabalho, Patrícia Pimentel.

Leia também:  ACIR pede providências para retomada da sincronização dos semáforos

A gerente explicou que a Feira foi pensada para contribuir com a construção de um espaço de interação entre todos os envolvidos no cenário do mercado de trabalho, “com o objetivo de contribuir para o aumento da probabilidade de obtenção de emprego e trabalho, bem como para o aumento da participação do cidadão em processos de geração de oportunidades de trabalho e de renda”.

Para a realização da Feira, a secretaria municipal de Promoção e Assistência Social contará com o apoio das secretarias municipais de Saúde e de Esportes, além do Gabinete de Desenvolvimento Econômico. Também contará com parcerias de instituições financeiras como Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal e de outras organizações governamentais, como Ministério do Trabalho, Secitec (Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia); bem como de organizações não governamentais, dos diversos setores que envolvem o mundo do trabalho e a qualificação profissional: Sebrae, o Sistema S (Senai, Senac, Sest/Senat), de instituições fomentadoras de microcrédito como o MT Fomento, Banco da Gente,  Associação Dando as Mãos – Empreendimentos Solidários; de empresas privadas e escolas.

Leia também:  Hemocentro de Rondonópolis busca novos doadores
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.