Montagem mostra Karima El Marough, conhecida como Ruby, em foto de novembro de 2010, e o ex-premiê italiano Silvio Berlusconi, em foto de junho de 2012 (Foto: Reuters)
Montagem mostra Karima El Marough, conhecida como Ruby, em foto de novembro de 2010, e o ex-premiê italiano Silvio Berlusconi, em foto de junho de 2012 (Foto: Reuters)

 

O ex-premiê italiano Silvio Berlusconi foi condenado a 7 anos de prisão nesta segunda-feira (24) pelo Tribunal de Milão, no caso Ruby.

O magnata é acusado por prostituição de menores e abuso de poder.

A condenação também prevê que ele fique inabilitado para exercer cargos públicos.

Ele pode recorrer da decisão, que saiu após sete horas de deliberações.

Berlusconi, de 76 anos, estava sendo julgado desde abril de 2011 em Milão por prostituição de menores e abuso de poder.

O ex-premiê foi acusado de pagar em 10 ocasiões a Ruby, então ainda menor de idade, em troca de serviços sexuais e de ter pressionado a polícia para libertar a jovem após sua detenção, em maio de 2010, por furto.

Leia também:  México encerrará buscas por sobreviventes em terremoto que matou 326 pessoas

Berlusconi nega todas as acusações e diz que agiu apenas com a intenção de ajudar a jovem.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.