Divulgação
Divulgação

Chia

A semente originária da América Central ficou famosa nos últimos anos porque estudos associaram seu consumo à perda de peso, especialmente de barriga. O motivo está na combinação de fibras e gordura do tipo ômega-3. Enquanto as primeiras promovem saciedade, a segunda parece interferir em mecanismos cerebrais que regem o apetite.

Pimentas

Elas ajudam a emagrecer porque fazem parte do time dos alimentos termogênicos. Isso significa que elevam a queima de calorias do organismo. Além disso, há indícios de que contêm compostos capazes de facilitar a digestão.

Aveia

É um poço de fibras e, só por isso, merece fazer parte do seu dia a dia, seja salpicada sobre frutas no café da manhã, seja na receita de sopas no jantar. Trabalhos científicos apontam que a aveia afina a cintura, baixa o colesterol e controla as taxas de açúcar no sangue — quando a glicose fica estável, é menor a probabilidade de ter um ataque de gula mais tarde.

Leia também:  Confira modelos de faixas coloridas para bebês | Moda e Beleza

Iogurte desnatado

Além de ter poucas calorias, o cálcio alojado ali parece interferir nas células de gordura e diminuir o volume dentro delas. Em resumo: o iogurte ajuda a barrar o ganho de peso e, sobretudo, o crescimento da pança.

Quinoa

O cereal andino é muito completo do ponto de vista nutricional. Tem alta carga de proteínas e vem recheado de fibras, substâncias que diminuem a necessidade de matar a fome tão cedo. Pesquisas ainda demonstram que é um aliado no controle do colesterol alto.

Sardinha

Esse peixe, que nada em correntezas frias no litoral brasileiro, é uma das principais fontes de ômega-3. Pesquisas na Universidade Estadual de Campinas mostram que o nutriente desinflama a região do cérebro que controla a vontade de comer. Se ela funciona sem emperrar, consegue coordenar melhor nosso apetite, que não ficará abusado demais.

Leia também:  Confira modelos de faixas coloridas para bebês | Moda e Beleza

Chocolate amargo

Segundo um trabalho realizado pela Universidade Real de Copenhague, na Dinamarca, degustar um tablete em jejum teria um efeito tão potente em termos de saciedade que o indivíduo chega a ingerir 15% a menos de calorias ao longo do dia. Mas lembre-se: o chocolate tem de ser amargo e consumido com bastante moderação (um tablete basta mesmo).

Linhaça

Convocá-la para o café da manhã, sugerem estudos da Universidade Federal do Rio de Janeiro, seria um jeito prático de melhorar o controle da saciedade e consumir menos comida ao longo do dia. Resultado: uma força e tanto para perder peso. A principal responsável pela façanha é a super concentração de fibras.

Leia também:  Conheça a tendência sereísmo 2017 | Moda e Beleza

Soja preta

Bem popular na China, ela seria mais eficiente do que a prima clarinha no quesito emagrecimento. Isso porque, de acordo com cientistas sul-coreanos, é rica em antocianinas, substâncias também presentes em frutas vermelhas e roxas que diminuem o recheio dos adipócitos, as células de gordura.

Chá mate

A bebida tradicional dos pampas é pouquíssimo calórica e guarda muita cafeína, substância que acelera o metabolismo e, por consequência, a queima de gordura. Vale tomar quente ou frio, mas evite à noite se você tem problemas para dormir.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.