Foto: reprodução
Foto: reprodução

Assembleia Legislativa aprovou hoje (5) por unanimidade, na sessão plenária de substitutivo o projeto de lei 414/12 de autoria dos deputados Ezequiel Fonseca (PP) e Wagner Ramos (PR) que dispõe sobre o reconhecimento de diplomas de pós-graduação Strictu Sensu, cursado nos países do Mercosul e Portugal.

A aprovação da proposta, em primeira votação deve beneficiar milhares de estudantes que escolhem estudar no exterior devido às dificuldades de acesso aos cursos em Mato Grosso.

Membro da Comissão de Educação na Casa de Leis e professor, o deputado Ezequiel Fonseca afirmou que professores sentem-se prejudicados com a demora da admissão dos diplomas pelas instituições brasileiras.

Após aprovado, o próximo passo será cumprir a segunda pauta na Casa de Leis por cinco semanas; em seguida, o substitutivo é encaminhado à Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e, posteriormente segunda votação em plenário. Vale ressaltar que este projeto não inclui os cursos de medicina e direito, tendo em vista que estes cursos contam com legislação própria.

Leia também:  Vereador visita obras do Centro de Artes e Esportes Unificados
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.