A seleção italiana estreou com pé direito na Copa das Confederações ao derrotar o México por 2 a 1, neste domingo, na primeira partida oficial disputada no novo Maracanã.

Com o resultado, a ‘Squadra Azzurra’ chegou aos mesmos três pontos que o Brasil, que no sábado atropelou o Japão por 3 a 0, mas ficou na vice-liderança do grupo A por ter um saldo de gols inferior.

Os italianos saíram na frente aos 27 minutos de jogo com um golaço de falta do veterano Andrea Pirlo, ‘Chicharito’ Hernandez deixou tudo igual de pênalti aos 34 e Mario Balotelli anotou o gol da vitória dos europeus aos 33 da etapa final.

Na próxima quarta-feira, o México enfrenta o Brasil em Fortaleza. No mesmo dia, Itália mede forças com o Japão em Recife.

Leia também:  Com vitória de Grêmio, Renato Gaúcho se torna o 1° brasileiro a vencer as Libertadores como jogador e técnico

Ambas equipes vinham de resultados preocupantes. O México amargou recentemente uma sequência de três empates sem gols nas eliminatórias da Copa de 2014 (contra Estados Unidos, Panamá e Costa Rica) e suou para derrotar a Jamaica por 1 a 0 na última partida que disputou.

Já a atual vice-campeã europeia empatou em 2 a 2 com a modesta seleção do Haiti na semana passada em São Januário, um dia depois de desembarcar no Brasil.

O jogo deste domingo deu indícios do que espera o Brasil nos próximos jogos. A seleção italiana jogou de forma muito organizada e mostrou paciência para garantir a vitória nos minutos finais com ‘Super Mario’, novo ‘xodó’ da torcida brasileira.

Já o México apresentou falhas na marcação, principalmente nas laterais, mas levou perigo no contra-ataque.

Leia também:  Flamengo vence Junior Barranquilla e garante a classificação para a final da Sul-Americana
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.