O prazo de entrega do relatório final da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investiga a situação administrativa, financeira e contábil do MT Saúde, foi prorrogado em mais uma semana, em razão do pedido de vista solicitado pela deputada Luciane Bezerra (PSB).

O presidente da Comissão, deputado Walter Rabello (PSD), recebeu na manhã desta terça-feira (25), o voto de adendo da deputada Luciane Bezerra (PSB), que contém 1.362 laudas.

“Havendo ou não o adendo, o relatório final será votado na próxima terça-feira (2 de julho), pois, num comum acordo entre os deputados que compõem a CPI, estamos cumprindo o prazo regimental de 72 horas”, adiantou Rabello.

Após aprovado o documento será colocado em votação no plenário e encaminhado ao Ministério Público Estadual. O trabalho da CPI do MT Saúde foi realizado em 12 reuniões ordinárias dentro do prazo regimental de 180 dias.

Leia também:  Onça-parda é resgatada ferida em pasto de assentamento em MT

Vale lembrar que na semana passada o relator da CPI, deputado Emanuel Pinheiro (PR) leu o documento final e depois o entregou ao presidente da Comissão.

Na ocasião, ele apontou que os culpados pelas irregularidades foram os três sócios da operadora Smaritano (Marcelo Marques dos Santos, João Enoque Caldeira da Silva e Washington Luis Martins da Cruz), o proprietário da Open (Antonio Carlos Barbosa) além do ex-presidente do plano, Gelson Smorcinski, todos serão indiciados pelo MPE.

Na reunião desta terça-feira, a deputada Luciane Bezerra foi representada pelo assessor jurídico José Carlos Pereira, que entregou toda a documentação nas mãos do presidente Walter Rabello, que posteriormente, vai ser encaminhada ao relator Emanuel Pinheiro.

Leia também:  Cinco hospitais filantrópicos devem receber ajuda emergencial do governo de MT

“Não posso revelar o voto da deputada, isso é competência única e exclusivamente do relator, que pode acatar ou não essa decisão”, afirmou Rabello.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.