Praça de Alto Taquari - Foto: Varlei Cordova / AGORA MT
Praça de Alto Taquari – Foto: Varlei Cordova / AGORA MT

Um estudo inédito encomendado pela Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) e recém-concluído pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas (Ibre/FGV) mostra que seis cidades de Mato Grosso estão entre as dez com maior Índice de Desenvolvimento Rural (IDR) do país.

Como líder do ranking com 0,843 ficou Chapadão do Céu, em Goiás, já representando Mato Grosso, Sapezal, aparece na 2ª posição com IDR de 0,834, e Alto Taquari, em 3º com 0,828, ambos fortes em soja, milho e algodão.

Com essa mesma característica e também situadas em Mato Grosso aparecem Nova Mutum, em 5º lugar (0,823), Campo Novo do Parecis, em 7º (0,820), Sorriso, em 8º (0,.819) e Lucas do Rio Verde, em 9º (0,819).

Leia também:  Anatel multa Telefônica em R$ 15 milhões

De acordo com o Valor Econômico, o  Índice de Desenvolvimento Rural calculado pelo Ibre leva em consideração diferentes pesos para quatro dimensões distintas: social (30,1%), econômica (29,5%), demográfica (22,8%) e ambiental (17,6%).

No levantamento foram analisados 5.489 municípios a partir do cruzamento de dados do Censo Agropecuário 2006 e do Censo demográfico 2010, realizados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

No Centro-Oeste, a liderança regional ficou com Mato Grosso do Sul (IDR de 0,65), seguido por Goiás (0,63) e Mato Grosso (0,62).

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.