O Governador Silva Barbosa o se reuniu na tarde desta quinta-feira (25), com a diretoria do Sindicato dos Servidores do Detran-MT (Sinetran-MT), o presidente do Detran-MT, Gian Castrillon, e secretários para dialogar sobre a possibilidade de deflagração da greve.

Na reunião, que demorou mais de 2h30, ficou acordado que o secretario de Administração do Estado, Francisco Faiad, irá passar uma nova proposta para o Sindicato analisar para uma possível suspensão do indicativo de greve marcado para o dia 29 de julho.

Na reunião foram discutidos vários pontos como a reestruturação de carreira no Detran e também um repasse de recursos para o órgão que possa suprir as necessidades estruturais e materiais em todas as unidades do Detran no Estado.

Leia também:  Governo e consórcio devem se manifestar após parecer contrário de MPs sobre acordo de obras do VLT

“O governo nos disse que está fazendo um levantamento para investimento emergencial e de gestão material de consumo para o funcionamento do Detran e das Ciretrans. Também ficou de apresentar formalmente o cronograma de implantação dos pontos consensuados em relação as reestruturações da lei de carreira como a implantação do adicional de insalubridade, as adequações de escolaridade dos cargos de acordo com as Resoluções do Contran, aumentando também o número de servidores na carreira”, afirmou Veneranda Acosta, presidente do Sinetran-MT.

Segundo ela, a reunião foi positiva e vão aguardar a proposta que ficaram de apresentar nessa sexta-feira (26) para deliberar com a categoria.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.