Divulgação
Divulgação

 

Há dois anos em carreira solo, o pagodeiro Péricles já está em seu segundo DVD. Desde que saiu do grupo Exaltasamba, o cantor diz que está com “mais fôlego e trabalha muito mais” do que na época em que dividia os vocais com Thiaguinho. Com menos de um ano de seu último trabalho “Sensações”, o cantor fará mais uma gravação nesta sexta-feira (26) no Rio de Janeiro.

No novo trabalho, Péricles vai homenagear o pagode dos anos 90. Das 24 faixas, serão 10 regravações, entre elas músicas do Art Popular e outras bandas que fizeram sucesso naquela década. “Foi uma época muito legal, uma época de muita descoberta e novidade”, disse. No entanto, o pagodeiro descarta a presença de algum hit de sua ex-banda. “Não vai ter nada do Exalta, minha ideia é pegar outros artistas mesmo”, explicou o cantor, que não dá esperanças em fazer uma união saudosista com o Exaltasamba.

Leia também:  Los Hermanos será tema de musical nos 20 anos da banda

Na década de 90, Exaltasamba estourou nas paradas de sucesso com o disco “Luz do Desejo”, que teve como hits “Telegrama”, “Luz do Desejo” e “É você” e alcançou a marca de 750 mil cópias vendidas. Os álbuns “Desliga e Vem” e “Cartão Postal” superaram, cada um, a marca de um milhão de cópias vendidas. O hit “Eu Me Apaixonei Pela Pessoa Errada”, que virou o hino da banda na época, ganhou prêmios internacionais e foi a mais tocada nas rádios no início de 99.

O DVD tem direção musical de Izaias Marcelo e os arranjos serão de Prateado e Pezinho. Perícles diz que acompanha passo a passo cada decisão feita para o novo trabalho e promete um álbum “prazeroso”. “Vamos falar de amor, prestar uma homenagem aos anos 90, e também será um trabalho muito mais dançante”, contou o pagodeiro.

Leia também:  Programa de Luan Santana estreia em Agosto na Multishow

A “agitação” ficará por conta de participações especiais, como: Sambô, Xande de Pilares do Revelação, a sambista Ana Clara e o cantor Mumuzinho. Péricles diz que o grupo Sambô foi convidado porque “criaram um novo estilo”. “Sambô foi uma grande descoberta e tem muita gente imitando eles. Participei do trabalho deles e, agora, eles vão participar do meu”.

A gravação desta sexta acontece na Fundição Progresso, na Lapa, e o cenário vai relembrar locais emblemáticos do Rio de Janeiro. O chão fará alusão ao famoso calçadão da cidade e os arcos da Lapa estarão dentro do show.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.