Os atletas paulistas e representantes de outros estados participaram neste final de semana do Campeonato FPA Juvenil e Festival de Tentativa de Índice Mundial Adulto, na moderna pista do Estádio Ícaro de Castro Mello, no Ibirapuera. O evento, promovido pela Federação Paulista de Atletismo (FPA), foi marcado por quebra de recorde e índices das duas categorias, que buscaram as marcas para as principais competições da temporada 2013: o Mundial da Rússia e o Pan Juvenil.

Os treinadores aprovaram a seletiva. “É um oportunidade de ouro. Nos dois últimos anos, com Jogos Olímpico e Mundiais, os eventos no Ibirapuera ajudaram os atletas a conseguir as vagas ou se prepararem para as competição. O nível do atletismo paulista é muito forte. Quem não tem o índice ou ainda não está pronto para chegar lá tem condição de melhorar marcas e competir com os melhores”, explicou Evandro Lázari, treinador da Orcampi e do Centro de Excelência Esportiva (CEE). “O evento deste fim de semana foi interessante, pois os atletas do juvenil disputaram com os da mesma categoria. Isso parece que motiva mais e impulsiona os resultados”.

Leia também:  Brasil joga primeira partida do Grand Prix em Cuiabá

Um dos pupilos de Evandro Lázari, o velocista Ricardo Mário venceu os 100 m e os 200 m do Campeonato. Na prova mais rápida do atletismo,o atleta retificou o melhor tempo do Brasil na distância na temporada: 10s51 . “Soltei mais a minha corrida nos últimos meses e consegui fazer esse tempo. A partir de agora vou focar mais nas provas e buscar melhorar as marcas”.

Outros destaques foram Thiago Negreiros e Edivânia dos Santos Araújo, que alcançaram os índices CBAt para o Campeonato Pan-Americano de Juvenis de Atletismo, que será disputado de 23 a 25 de agosto, em Medellín, na Colômbia.

Thiago Negreiros (Brasil FC/FUPES) ratificou a marca exigida (56,41 m) no lançamento do disco ao vencer a prova, com 56,83 m. Já Edivânia Araújo (Arpa/Smel/CEE) obteve a qualificação no lançamento do dardo, com 45,95 m – 2 cm melhor do que o índice.

Entre os adultos, destaque neste domingo (30) para João Gabriel Santos Sousa (Pinheiros), que obteve o índice para o Campeonato Mundial vencendo a prova do salto com vara com a marca de 5,61 m. O paulistano de 28 anos é o quarto atleta a superar a marca de 5,60 m. Antes dele, conseguiram qualificação Fábio Gomes da Silva, Augusto Dutra e Thiago Braz.

Leia também:  MT fatura ouro e prata na luta olímpica dos Jogos Escolares

Rafael Uchona (Orcampi/Unimed) no salto em altura se deu bem. O atleta fez 2,25 m e conseguiu seu melhor resultado na carreira. Por três centímetros não pegou o índice para o Mundial da Rússia. “Estou bastante contente pelo resultado. Estava na hora dessa marca. Agora tenho certeza que posso conseguir os 2,28 m e integrar a equipe brasileira no Mundial”, disse o atleta, que também faz parte do Centro de Excelência Esportiva (CEE).

O Campeonato Mundial de Atletismo, em Moscou, na Rússia, está marcado para o período entre 10 a 18 de agosto. O próximo desafio, porém, é o Campeonato Sul-Americano de Cartagena, na Colômbia, de 5 a 7 de julho.

Recorde e índices – Nas provas do sábado (29), um resultado histórico: Higor Silva Alves quebrou o recorde sul-americano da categoria juvenil no salto em distância com a marca de 8,02 m e assumiu a liderança no Ranking Mundial da IAAF de 2013. O atleta defende o Grêmio Recreativo Barueri. Os recordes (brasileiro e sul-americano) anteriores eram de Tiago Carahyba, com 7,97 m, estabelecido em setembro de 2002, no Rio de Janeiro. “Não sei até onde posso chegar, mas sei que estou no caminho certo. Tenho treinado bastante e, nos próximos eventos, sei que a marca pode ser ainda melhor”, revelou Higor Silva Alves.

Leia também:  Em competição em Cuiabá, estudantes de Rondonópolis se classificam para Jogos Brasileiros

Também no sábado, dois atletas conseguiram índice nos 10.000 m para o Campeonato Pan-Americano Juvenil, que será disputado de 23 a 25 de agosto, em Medellín, na Colômbia. Os fundistas Johannes Max Boamorte, do Rio de Janeiro, e Ronald Moraes Silva, de Goiás, completaram as 25 voltas na pista em 31min28s65 e 31min30s87, respectivamente, superando o índice da CBAt de 31min32s68.

No lançamento do disco, Izabela Rodrigues (IEMA) venceu a prova juvenil, com 48,78 m e ratificou o índice, que tem como marca mínima 45,96 m. No salto triplo, Claudine Gimenes de Jesus (Orcampi/Unimed) obteve 12,83 m, um centímetros a mais do exigido.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.