Foto: Adriana Franciosi / Agencia RBS
Foto: Adriana Franciosi / Agencia RBS

 

A cárie é uma doença silenciosa, que muitas vezes não é percebida por conta do seu desenvolvimento lento e contínuo. Se não tratada precocemente, pode ocasionar diversos problemas que afetam toda a saúde do corpo.

Os estágios iniciais do desenvolvimento das lesões de cárie não causam nenhum desconforto. Por isso, muitas vezes as pessoas só notam que sofrem da doença quando esta já está em um estágio avançado e causando dor de dente.

Para o dentista e professor Marcelo Bonecker, é essencial manter bons hábitos de higiene bucal para preveni-la. Além disso, para saber se o indivíduo já está acometido pela doença, visitar o dentista é a melhor alternativa.

Leia também:  Pimentão para colorir a receita e turbinar a saúde

— É possível um leigo perceber que está com lesões de cárie. No entanto, as pessoas geralmente tem dificuldade de reconhecê-las, principalmente quando estão nos estágios iniciais de desenvolvimento, ou seja, na forma de lesões de mancha branca e sem apresentar uma cavidade evidente — afirma o especialista.

Já nos estágios mais avançados da doença, o professor explica que é mais fácil diagnosticá-la.

— Nesta fase é possível percebê-la, pois elas apresentam alteração de cor em tons de marrom nos dentes afetados. Além disso, é preciso lembrar que se a cavidade é grande, esta reterá alimentos, podendo causar mau hálito e gosto ruim na boca — explica Bonecker.

Leia também:  Saúde | Conheça os sintomas e precauções contra a artrite

Veja algumas dicas de bons hábitos de higiene bucal para evitar as cáries:

— Escove os dentes no mínimo três vezes por dia ou após cada refeição para evitar o acúmulo de resíduos na boca e, consequentemente, a proliferação de bactérias

— Use sempre o fio dental. Esse hábito ajuda a remover a placa bacteriana os restos de comida que podem ter ficado entre os dentes, evitando inflamações como a gengivite

— Fique atento a qualidade dos alimentos consumidos, pois a cárie ocorre quando as bactérias que revestem os dentes se alimentam de açúcares simples.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.