No Brasileirão do ano passado, o atacante Neymar confirmou sua condição de jogador que mais sofria faltas que valiam cartões amarelos e vermelhos para adversários. Foram 36 no total, sendo 34 amarelos e duas expulsões de oponentes. Com a ida do craque para o Barcelona, o Espião Estatístico percebeu que Rildo, da Ponte Preta, e Kleber, do Grêmio, disputam acirradamente quem vai ficar com o posto de número 1 como maior puxador de cartões para rivais. Os dois foram responsáveis por seis cartões para adversários, mas a vantagem está para o atacante da Macaca, que já conseguiu uma expulsão de adversário, o que o gremista não conseguiu até a 10ª rodada da competição.

A velocidade de Rildo fez com que na maioria das vezes, as faltas cometidas nele fossem pontapés por trás, de jogadores que chegam atrasados ao tentar o bote na bola. Apenas um cartão foi mostrado por uma discussão. Muito mais forte e com mais condições de suportar os trancos dos rivais, as advertências envolvendo Kleber surgiram por ele ser atropelado ou empurrado pelos adversários. Um cartão foi mostrado quando um rival lhe deu uma cotovelada.

Leia também:  Com vitória de Grêmio, Renato Gaúcho se torna o 1° brasileiro a vencer as Libertadores como jogador e técnico

Ainda assim, a média de cartões conseguidos para os adversários é bem abaixo do que conseguiu Neymar durante todo o Brasileirão do ano passado. Em 17 jogos disputados, a média foi de mais de 2 cartões conseguidos por partida. Presente em oito partidas, a média de Rildo é de 0,75 cartões conseguidos por jogo, enquanto Kleber, que jogou seis vezes tem média de um por confronto. Vale lembrar que os dados foram computados até a 10ª rodada do Brasileirão.

O estilo de Rildo casa com Rhayner e Éverton Ribeiro. Ligeiros, ambos conseguiram cinco cartões amarelos para o adversário. O número é o mesmo para Aloísio, do São Paulo, que tem uma maneira de jogar mais semelhante à de Kleber: mais forte, porém saindo bastante da área.
Veja a lista dos jogadores que mais cartões puxaram para seus adversários.

Leia também:  União vence e assume liderança da Copa FMF
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.