Após o anúncio de que a Benetton B191 – carro com o qual o heptacampeão Michael Schumacher conquistou seus primeiros pontos na F-1, em 1991 – seria leiloado no dia 10 de agosto, em Nurburgring, um colecionador privado, que preferiu o anonimato, tratou de se adiantar e pagou a quantia de 225 mil euros (cerca de R$ 690 mil) para ficar com o bólido.

Após sua estreia na Jordan, no GP da Bélgica de 1991, Schumacher foi para a Benetton e correu cinco vezes com o B191. O alemão terminou na quinta colocação em Monza e depois marcou mais pontos em Estoril e em Barcelona. O monoposto também foi usado por Nelson Piquet na última vitória de sua carreira, no GP do Canadá, ainda em 1991.

Leia também:  Academia e União vão disputar o Estadual Sub-17

O dono do modelo histórico receberá uma série de equipamentos, incluindo peças extras e um segundo jogo de pneus, além de documentos comprovando a história do carro e as modificações executadas até hoje. A máquina está pronta para ir às pistas e competir em eventos de carros clássicos ao redor do mundo. No entanto, o B191 será exposto em um museu particular que o novo dono possui no Oriente Médio.

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.