O irlandês Conor McGregor vem rapidamente conquistando fãs por seu estilo ousado de lutar – e também de falar. O “Nick Diaz irlandês” foi ao Twitter na madrugada de quinta-feira e, além de tranquilizar seus fãs sobre a lesão no joelho sofrida em sua última luta, no sábado passado, aproveitou para desafiar praticamente todos os lutadores do top 10 do UFC em sua categoria, peso-pena. McGregor escreveu que enfrenta “qualquer um” e que “sente cheiro de medo” nos seus companheiros de divisão, e listou insultos a cada um deles, poupando apenas o campeão, José Aldo, e seu último desafiante, Chan Sung Jung.

Segundo a mensagem, Aldo estava “a salvo” e McGregor estava “aberto” a um duelo com o Zumbi Coreano. O primeiro colocado do ranking, Chad Mendes, e o ex-campeão dos pesos-leves e ex-desafiante ao cinturão Frankie Edgar foram considerados “pesos-galos” pelo irlandês. Quanto a Ricardo Lamas, tido por muitos como o próximo desafiante ao título, McGregor disse que “Ninguém se importa”. Cub Swanson e Dennis Siver foram chamados de “velhos”, em caixa alta. Clay Guida e Nik Lentz foram considerados “chatos”. Ele disse ainda que o careca Dustin Poirier é um “cabeça de ervilha” e colocou apenas um ponto de interrogação ao lado do nome de Erik Koch.

Leia também:  Antigo Luthero vira cult e ganha lembrança especial do torcedor

Após o post incendiário, Conor McGregor certamente terá muitos potenciais adversários dispostos a enfrentá-lo. Sua equipe afirmou na quarta-feira que gostaria que o brasileiro Diego Brandão fosse o próximo oponente, algo que o próprio Brandão aceitou no mesmo dia. O irlandês disse que passaria por ressonância magnética no joelho nesta quinta, e que esperava estar pronto para treinar em três ou quatro semanas. Ele afirmou que, se isso se confirmar, estaria disposto a lutar já no evento de Manchester, Inglaterra, em 26 de outubro, ou no UFC 167, em Las Vegas, no dia 16 de novembro.

– Esqueça essa m*** de esperar – escreveu McGregor.

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.