167 kg de pescado apreendido pela Policia Ambiental - Foto: Ronaldo Teixeira / AGORA MT
167 kg de pescados apreendidos pela Polícia Ambiental – Foto: Ronaldo Teixeira / AGORA MT

A Polícia Militar Ambiental de Rondonópolis apresentou os resultados de uma das suas operações de rotina que aconteceu entre os dias 22 e 27 deste mês.

A operação teve como objetivo impedir a pesca predatória que é realizada de maneira incorreta, e consequentemente ilegal, altamente agressiva com o meio ambiente podendo limitar a produtividade pesqueira, quer seja do ponto de vista biológico, quer econômico. “Temos que inibir a pesca predatória e tentar proteger o meio ambiente, que é de todos nós” afirma o 3º Sargento Ismael Dias de Souza que pertencente a 2ª Cia Ambiental.

A operação foi comandada pela 1ª Tenente Nágila de Moura Brandão Seganfredo e desenvolvida em toda região da PCH de Paranatinga 2, São José do Couto, Rio Culuene e região.

Leia também:  Primavera do Leste | Jovem é assassinado a caminho do trabalho

Durante os cinco dias de operação foram apreendidos 167 quilos de pescado, um veículo F4 000, duas armas de fogo entre outros materiais. Também foram abordadas 78 pessoas que receberam orientações de como não prejudicar o meio ambiente.

Segundo o sargento Ismael todo o pescado apreendido será doado a entidades de Rondonópolis e os outros objetos serão descaracterizados para que não sejam utilizados novamente.

Materiais aprrendido pela Policia Ambiental - Foto: Ronaldo Teixeira / AGORA MT
Materiais apreendidos pela Polícia Ambiental – Foto: Ronaldo Teixeira / AGORA MT

 

Armas apreendida pela Policia Ambiental - Foto: Ronaldo Teixeira / AGORA MT
Armas apreendidas pela Policia Ambiental – Foto: Ronaldo Teixeira / AGORA MT

 

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.