No duelo entre Chad Mendes, um peso-pena que venceu suas últimas três lutas por nocaute no primeiro round, contra Clay Guida, um lutador vibrante e incansável que jamais foi nocauteado em 43 lutas, quem levou a melhor foi Chad Mendes, que conseguiu impôr o primeiro nocaute na carreira com uma sequência de golpes que obrigou o árbitro Yves Lavigne a interromper o combate aos 30 segundos do terceiro round. A vitória foi a quarta seguida por nocaute de Mendes, que se credenciou a voltar a disputar o cinturão da categoria dos pesos-penas.

– Eu fiz o que precisava fazer. Eu precisava ser convincente nessa luta. Consegui um belo golpe e neutralizá-lo. Nos últimos treinamentos treinei com companheiros que simulassem o estilo de Guida, e agora isso se mostrou efetivo – disse Mendes após a luta.

Leia também:  Diretoria do União deve apresentar equipe dia 14

A luta começou com os dois lutadores se movimentando bastante e buscando os golpes na cabeça. As estratégias se mostravam muito similares, com ambos os atletas entrando no raio de ção um do outro para golpear, e saindo rapidamente. Na metade do round, Mendes conseguiu derrubar Guida e tentou encaixar uma guilhotina, mas o rival conseguiu se livrar do golpe, e a luta voltou a ser disputada em pé. A um minuto do fim, Mendes conseguiu novamente a derrubada, e se manteve por cima de Guida no solo até o fim do round.

No segundo round, ambos os lutadores voltaram usando os chutes altos e baixos para buscar o ataque, e também evitar a aproximação um do outro. Naturalmente empolgado, Guida tentou um chute na altura da cintura, mas acertou na região genital de raspão, forçando a interrupção do round para que Mendes se recuperasse. No retorno, Guida tentou levar a luta para o chão, mas Mendes apoiou os pés na grade que estava atrás de si e evitou a derrubada, ficando em vantagem no chão. Mesmo assim, não conseguiu evoluir na posição, e a luta voltou a ser disputada em pé.

Leia também:  Cuiabá Arsenal encara último rival da 1ª fase do brasileiro

Guida claramente tentava surpreender o rival buscando o combate no chão, mas Mendes estava atento, e mais uma vez evitou ser dominado no chão. Após alguns instantes em pé, Chad Mendes foi para a derrubada e quase conseguiu pegar o braço direito de Guida em uma kimura. O duelo voltou a ser disputado em pé até o soar da sirene, encerrando o assalto.

A luta recomeçou no terceiro round com um belo cruzado de direita de Chad Mendes logo no início, que derrubou Guida. Mendes aproveitou a situação e foi para cima do rival, mantendo-o no chão e voltando a golpear. Após Guida se levantar apoiado na grade, Mendes conseguiu encaixar mais um cruzado de direita que voltou a derrubar Guida, dando-lhe a chance de encaixar uma sequência de socos que encerrou a luta.

Leia também:  União tem desafio diante do Luverdense em Lucas
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.