A Agência Atômica das Nações Unidas anunciou hoje (4) que vai enviar uma equipe de peritos, no período de 14 a 21 de outubro, para avaliar os trabalhos de estabilização da Central Nuclear de Fukushima, no Japão. Afetada pelo terremoto, seguido de tsunami, de 11 de março de 2011, que atingiu o Nordeste do país, a central vai receber uma equipe de 16 peritos internacionais que irão ao local a pedido das autoridades japonesas.

Além da verificação dos trabalhos de estabilização da usina, os peritos vão se reunir com as autoridades ligadas aos setores nuclear e ambiental e prestar consultadoria nas áreas necessárias, informou a agência em comunicado. A visita à central será feita de 16 a 18 de outubro, prevendo-se a divulgação de um relatório no último dia da missão.

Leia também:  Polícia prende homem que queria atacar bares gays na França

A Tokyo Eletric Power (Tepco), empresa gestora do complexo de Fukushima, tem registrado diversos problemas na estabilização da usina, motivados principalmente pelo vazamento de água contaminada para o oceano.

Os problemas em Fukushima foram hoje criticados pela Autoridade de Regulação Nuclear japonesa, cujo líder Katsuhiko Ikeda exigiu todo o empenho da Tepco para conter os vazamentos. Ele disse que muitos problemas se devem a “erros grosseiros” dos técnicos que trabalham na central.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.