Os vereadores aprovaram por unanimidade na sessão de ontem (23) o projeto que institui o Banco Municipal de Remédios indicado pelo presidente da Câmara, Ibrahim Zaher (PSD). O projeto agora depende de ser aprovado e sancionado pelo prefeito Percival Muniz (PPS) para virar lei.

O presidente explicou que esse projeto já funciona em outras cidades e que viu na iniciativa uma maneira de ajudar as pessoas menos favorecidas em Rondonópolis através da doação de remédios. “A ideia principal é estimular as pessoas a doarem os medicamentos que sobram e não terão mais serventia para que outras que não podem comprar consigam ter acesso gratuitamente a esses remédios”, fala.

De acordo com Ibrahim, caso o projeto vire Lei, a responsabilidade da triagem e dos critérios para a doação seriam da Secretária Municipal de Saúde. “Porque para ser doado é preciso estar em bom estado com a bula e a validade de até 45 dias por isso é preciso uma certa ‘fiscalização’ que seria feita pela Saúde”, finaliza.

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.