Um violento incêndio a bordo de um ônibus, provocado pela explosão do tanque, matou pelo menos 44 pessoas, incluindo crianças, nesta quarta-feira (30) no sul da Índia.

Incêndio teve início depois que o veículo bateu em uma área de terraplanagem de uma estrada entre Bangalore e Hyderabad, segundo a polícia local.

Apenas cinco pessoas das 49 a bordo, incluindo o motorista e o funcionário que limpava o ônibus, conseguiram quebrar as janelas e escaparam do veículo antes da explosão.

“O motorista e o funcionário da limpeza tentaram fugir, mas foram detidos pela polícia e serão interrogados”, afirmou o policial identificado como Venkateshwarlu.

Os outros três sobreviventes estão hospitalizados.

Os moradores de um povoado próximo do local do acidente disseram que o veículo foi reduzido às cinzas em poucos minutos.

Leia também:  Jorge Glas, vice-presidente do Equador é preso por propinas da Odebrecht

A maioria dos passageiros do ônibus, que dormiam no momento do acidente, retornava para suas casas para a celebração do festival religioso hindu Diwali.

Aproximadamente 125 mil pessoas morrem por ano na Índia em acidentes de trânsito. O país é recordista em mortes nas estradas, segundo um relatório publicado em 2011 pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Os acidentes na Índia são causados, na maioria dos casos, pela imprudência no volante, pelo mau estado dos veículos e das estradas, além da falta de sinalização.

Há poucas semanas, 20 pessoas – a maioria mulheres – morreram após um acidente com o caminhão em que viajavam, quando voltavam de uma peregrinação religiosa no centro do país.

Leia também:  Prédio desaba na Índia e confirma mais de 20 mortes e várias pessoas presas a escombros
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.