A Associação Comercial, Industrial e Empresarial de Rondonópolis (Acir) enviou para o Executivo duas propostas de projetos que foram encaminhados pela prefeitura em regime de urgência para ser votado na quarta-feira (2), durante a sessão da Câmara Municipal. Esses projetos acabaram gerando polêmica entre os vereadores que decidiram retirar as propostas da pauta do dia.

De acordo com o presidente da Acir, Luiz Homem de Carvalho, os projetos previam a liberação de recursos para que a Acir realizasse um dossiê sobre o desenvolvimento da cidade e o outro seria uma parceria para a Corrida “Acir Rondon”.

“Não estamos pedindo dinheiro para a Instituição, esse dossiê, que se trata de um perfil de Rondonópolis, foi aprovado pela Câmara há alguns anos e esse estudo é para medir população, crescimento e desenvolvimento da cidade e a corrida trás muitos benefícios para Rondonópolis porque atrai atletas de todo o país que gastam em hotéis, restaurantes e fomentam a economia”, fala. Veja a entrevista completa com presidente da Acir.

Leia também:  Secretaria realiza confraternização especial para cerca de 500 idosos

 [youtube]http://www.youtube.com/watch?v=4jHK5CqL3AU&feature=c4-overview&list=UUCUete_T6eFKbuUNfvFx40A[/youtube]

VEREADOR

O vereador Adonias Fernandes (PMDB) foi um dos parlamentares que votou para derrubar o regime de urgência e ele usou a tribuna da Câmara para questionar a procedência do dinheiro. Veja o que Adonias falou na Tribuna.

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=xDog7k04RL8&feature=c4-overview&list=UUCUete_T6eFKbuUNfvFx40A[/youtube]

 

 

 

 

 

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.