A presidenta Dilma Rousseff disse ontem (26) que o cumprimento dos prazos das obras de infraestrutura em todo o país é uma das maiores preocupações do governo federal. Segundo ela, o atraso atrapalha o atendimento às necessidades da população e os compromissos assumidos.

“Uma das maiores preocupações, dores de cabeça do governo federal, é justamente o cumprimento de prazos. Cumprimento de prazos é algo muito importante quando a gente olha um país como o Brasil que precisa urgente de várias obras”, disse a presidenta em entrevista a rádios da região metropolitana de Fortaleza (CE), onde esteve na sexta-feira (22) para assinar a ordem de serviço da Linha Leste do metrô da cidade, que faz parte do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) – Mobilidade Urbana, e inaugurar uma Unidade de Pronto-Atendimento.

Leia também:  Policiais são presos em flagrante por tentativa de extorsão no Rio de Janeiro

Dilma disse que um dos principais motivos para a criação do PAC, em 2007, foi impedir atrasos por causa de contingenciados. “A partir daí, todas as obras que estão no PAC não têm justificativa para atrasar por falta de dinheiro. Essa era a justificativa de antes. O dinheiro existe, está garantido no Orçamento e todo mundo sabe que é assim”.

A presidenta disse ainda que todas as obras do PAC são acompanhadas, mesmo que não sejam executadas pelo governo federal, por um grupo articulado com os responsáveis no estado e município. “A gente acompanha para poder identificar, antes de acontecer, os problemas e os riscos e propor soluções porque em toda obra de engenharia é certo que há problema.”

Leia também:  Helicóptero faz pouso forçado após ser alvejado com tiros no RJ
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.