Durante a temporada 2009 de Fórmula 1, em que se sagrou campeão, Jenson Button viajou pelos circuitos europeus de uma maneira nem tão convencional para a maioria dos pilotos: a bordo de um motorhome. O veículo, avaliado em torno de um milhão de libras (cerca de R$ 4 milhões), que já pertenceu a outro campeão mundial, o canadense Jacques Villeneuve, foi transformado em uma hospedagem de luxo, classificada como sete estrelas, e com preços para poucos mortais: oito mil libras (aproximadamente R$ 32 mil) a diária.

No embarque, o hóspede especial é recebido com champanhe e uma equipe de chef e garçons ao seu dispor 24 horas por dia, bem como uma limusine, helicóptero, TV de plasma, cozinha completa e uma suíte. Para puxar toda essa mordomia, o opulento ônibus, de 50m2 e revestido em couro do teto ao chão, possui um motor de 12 litros e 500cv de potência, o que lhe garante velocidades acima dos 150 km/h.

Leia também:  Pesso chega e começa a montar o União
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.