O alemão Nico Rosberg, da Mercedes, cravou a melhor volta dos quatro dias de testes no Bahrein: 1m33s283. Mas foi Fernando Alonso que registrou a velocidade máxima nas retas do circuito de Sakhir. Com a Ferrari F14T, o espanhol atingiu 336,4 km/h no ponto de maior aferição da pista, batendo por 6,2 km/h o prodígio dinamarquês Kevin Magnussen (McLaren), segundo mais rápido da bateria. Na tabela de tempos, o bicampeão mundial foi apenas o sexto, com 1m36s516. Os dados foram levantados pela revista italiana “Omnicorse”.

O relatório também comenta o desempenho de Jean-Eric Vergne, da STR. O piloto da equipe co-irmã da RBR registrou a maior velocidade de um monoposto equipado pela Renault: 308,5 km/h. Para se ter uma ideia dos problemas enfrentados pela fornecedora francesa, o número é 28 km/h inferior na comparação com o bólido da Ferrari. Em relação aos tempos, a melhor volta com o propulsor Energy F1-2014 foi marcada por Pastor Maldonado. O venezuelano da Lotus anotou 1m38s707 – apenas o 13º do ranking.

Leia também:  Reway estará em jogo das eliminatórias da Copa do Mundo

Felipe Massa, que alcançou a maior velocidade e marcou o segundo tempo nas avaliações de Jerez, foi novamente o melhor piloto da Williams. Desta vez, no entanto, a escuderia britânica privilegiou a quantidade de voltas, e o brasileiro ficou apenas com o oitavo melhor tempo dos quatro dias (1m37s066). O companheiro Valtteri Bottas, que aparece na 10º posição, com 1m37s328, foi o segundo em relação à distância percorrida: 171 voltas, o equivalente a 925 km. O estreante Felipe Nasr, anunciado como novo piloto de testes, fez o 12º melhor tempo no geral: 1m37s569.

Os pilotos da principal categoria do automobilismo voltam ao circuito bareinita a partir desta quinta-feira, para a última bateria de testes da pré-temporada. As atenções estarão novamente voltadas para a RBR do tetracampeão Sebastian Vettel e de seu novo parceiro, o australiano Daniel Ricciardo, substituto do compatriota Mark Webber.

Leia também:  1º Campeonato de Futebol Amador é suspenso temporariamente

Imbatível nas últimas quatro temporadas, a equipe austríaca terá menos de uma semana para buscar soluções para os inúmeros problemas do RB10. Nos primeiros testes em Sakhir, a RBR teve apenas o 15º melhor tempo (1m39s837), marcado por Ricciardo. O prodígio alemão Vettel chegou a declarar publicamente sua insatisfação com os rumos tomados pelo time rubro-taurino. A primeira etapa do campeonato está marcada para o dia 16 de março, em Melbourne, Austrália.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.