Célio Codó não deve ficar nem no banco de reservas na partida contra o Cuiabá, em que o Mixto precisa da vitória por dois gols de diferença para avançar à semifinal do Campeonato Mato-grossense. O atacante está há mais de um mês sem jogar, devido a lesão na coxa e ainda sente dores, segundo o treinador Ary Marques. A expectativa é que ele fosse utilizado.

– Ele ainda não tem a confiança para entrar em campo e em um jogo decisivo, precisamos ter jogadores inteiros. Ele tem realizado alguns treinamentos, mas ainda sente dores e o período que ficou parado é muito grande. A tendência é que ele não seja nem relacionado – disse Marques.

Leia também:  União faz neste sábado primeiro jogo da final do sub-19

Além de Codó, ele não poderá contar com o zagueiro Zé Adriano, o lateral-esquerdo Rogério e ainda o atacante Leandrinho, que tinha mais chances de jogar. O trio se machucou na derrota para o Cuiabá, no jogo de ida das quartas de final.

A definição do time vai sair na tarde desta terça-feira, quando o treinador comanda o último trabalho para enfrentar o Cuiabá.

A princípio, o time será formado por Igor, Denílson, Pio, Robinho e Ítalo; César Romero, Kiko, Paulo Almeida e Sandro (Neném); João Paulo e Diego (Jean).

Mixto e Cuiabá jogam nesta quarta-feira, às 21h, no Estádio Presidente Dutra.

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.