A palestra organizada pelo MPT e MTE foi oferecida para trabalhadores de diversos seguimentos de empresas de Rondonópolis – Foto: Ronaldo Teixeira/AGORA MT
A palestra organizada pelo MPT e MTE foi oferecida para trabalhadores de diversos seguimentos de empresas de Rondonópolis – Foto: Ronaldo Teixeira/AGORA MT

No data em que é comemorado o Dia Mundial em Memória das Vítimas de Acidentes e Doenças do Trabalho e o Dia Internacional da Segurança e Saúde no Trabalho, em 28 de abril, o Ministério Público do Trabalho (MPT) e o Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) realizaram em Rondonópolis um trabalho de conscientização sobre a prevenção a acidentes.

O auditor fiscal do MTE, Marcos Ribeiro de Morais, expôs para membros da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA) e funcionários de diversas empresas do município que o acidente no trabalho é uma chaga que faz várias vítimas e que muitas ocorrências poderiam ser evitadas se houvesse uma preocupação maior com aplicação das medidas preventivas, tanto individual quanto coletiva por parte dos empregadores e empregados. O que é direito assegurado do trabalhador.

Leia também:  Marketing de B.A.T.O.M lota auditório e alerta mulheres empresárias

André Vinícius Melatti, procurador do MPT, reforçou as informações do auditor e afirmou que o Brasil é um dos países com destaque em acidentes de trabalho, sendo que no último ano morreram 2.800 pessoas, devido o descumprimento das normas que regulamentam os cuidados para evitar vários tipos de situações trágicas.

Tanto o auditor quanto o procurador são unanimes em afirmar que é essencial uma política de prevenção a acidentes para reverter esse quadro e não apenas a utilização de Equipamentos de Proteção Individual.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.