Largando em 20º, Lewis Hamilton deu um show à parte no GP da Alemanha. O piloto da Mercedes, que bateu no treino classificatório e sofreu uma punição de cinco posições pela troca do câmbio, precisou acelerar como nunca para engolir os rivais e protagonizar uma verdadeira escalada no circuito de Hockenheim. Após conquistar o terceiro lugar, o inglês ainda comemorou o nível de dificuldade elevado da etapa alemã.

– Estou realmente contente por ter um carro capaz de fazer isso. Não tem sido uma temporada de calmaria para mim, e a dificuldade fica ainda maior com o cara que estou enfrentando na pista (o companheiro Nico Rosberg). Mas eu não quero que seja fácil. Para alguns, isso não é importante. Mas eu gosto de um desafio – afirmou o campeão mundial de 2008.

Leia também:  Brasil vence a Holanda e tem desafio mortal contra os Estados Unidos

Durante a classificação, Hamilton enfrentou problemas com o freio de seu carro e bateu forte na proteção de pneus. A caixa de câmbio foi danificada no acidente, e o piloto inglês ainda sofreu uma punição de cinco posições por causa da troca. Após a vitória de Rosberg, a distância para o líder do campeonato, antes de apenas quatro pontos, chegou a 14. Mas Lewis prefere valorizar o saldo positivo do fim de semana.

– Se eu tivesse sofrido uma batida forte com alguém e perdido a oportunidade de marcar pontos, aí sim teria sido algo realmente devastador. Mas eu completei a corrida e marquei pontos – relativizou o piloto da Mercedes.

O inglês acredita que poderia ter chegado em segundo, desbancando Valtteri Bottas, da Williams, se não fosse pela asa dianteira danificada por um toque com Jenson Button. A ausência do safety car, após rodada de Sutil, também prejudicou sua prova. Hamilton chegou a sugerir que a organização da prova quisesse beneficiar Rosberg. Agora, o grande objetivo de Lewis é vencer o GP da Hungria, neste domingo, e descontar a diferença para o companheiro antes das férias da F-1, em agosto.

Leia também:  Luverdense deixa a zona de rebaixamento

– Vai ser importante, como sempre, recuperar os pontos. Como pudemos ver na Alemanha, tudo pudo acontecer em um fim de semana. Então, eu não sei o que vai acontecer no próximo. Vou deixar as coisas simplesmente acontecerem.

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.