No dia 7 de agosto, a partir das 8h, será realizado o leilão presencial e on line de 331 lotes de veículos e 54 lotes de sucatas totalizando 385 lotes que estão retidos no pátio da Circunscrição Regional de Trânsito (Ciretran) de Cáceres. O leilão será no auditório do Hotel La Barca, situado na Rua General Osório s/n, no centro da cidade. O edital foi publicado segunda-feira (21), no Diário Oficial do Estado de Mato Grosso.

Para participar do leilão on line os interessados devem se cadastrar com antecedência no site www.superbid.net e encaminhar cópias dos documentos digitalizados para a leiloeira no endereço eletrônico [email protected] Nesta modalidade os lances podem ser ofertados a partir da data da publicação do edital (21). No site estão disponíveis fotos (ilustrativas) e a descrição dos bens a serem leiloados que podem ser consultados a qualquer momento até a data do encerramento do leilão.

Leia também:  Fórum critica projeto de lei nocivo à população e ao meio ambiente

Os interessados em participar do leilão presencial devem se cadastrar nos dias 4, 5 e 6 de agosto, das 8h às 15h, que é o período aberto à visitação – em que os lotes podem ser examinados – no pátio da Ciretran em Cáceres. Para esta modalidade os lances serão dados no dia do leilão (07/08) a partir das 8h30 (horário local) levando consigo as copias dos documentos pessoais e uma copia do comprovante de endereço atualizado.

“Caso seja necessário o leilão será prorrogado até o dia oito. Os valores dos lotes estão disponíveis no site da leiloeira. É bom lembrar que os lotes de veículos terão direito à documentação, porém os lotes de sucata não terão documentação. Recomendamos que os interessados em participar do leilão leiam o edital e estejam atentos aos prazos”, diz Anderson Gomes Amaral, presidente da comissão de Leilões do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MT).

Leia também:  MPE denuncia estudante por homicídio triplamente qualificado e requer manutenção de prisão

Os produtos a serem leiloados estão no pátio da Ciretran de Cáceres há mais de 90 dias e não foram reclamados pelos proprietários, conforme resolução 331/09, devem ir a leilão.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.