Para quem pensou que o senador Jayme Campos (DEM) iria sim disputar a reeleição e toda esta história de desistência seria conversa fiada, errou feio.

Na manhã desta segunda-feira (28) ele protocolou no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) a renúncia da candidatura. Porém na carta, o Democratas deixou bem claro que não abre mão de indicar o substituto para a chapa encabeçada pelo senador Pedro Taques (PDT).

Advertisements
Leia também:  Donos de caçamba pedem apoio para vereadores

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.