O suplente de deputado federal Eduardo Moura (PPS) ocupará o posto de 2º suplente de senador na coligação “Coragem e Atitude pra Mudar”. Ele passa a pedir votos ao lado do candidato ao Senado Rogério Salles (PSDB) e do primeiro suplente Donizette da Castrillon (PTB). A definição ocorreu neste sábado, após reunião entre os presidentes dos partidos do bloco oposicionista. A chapa contempla a região sul, a Capital e o Araguaia.

Os três novos nomes que entram na disputa ao Senado já trabalhavam a candidatura de Pedro Taques (PDT) ao governo do Estado. Inicialmente, Rogério Salles seria candidato a deputado federal pela chapa. Com a saída de Jaime Campos (DEM), o tucano foi indicado para concorrer na eleição majoritária, representando a região sul. Com a candidatura de Rogério ao Senado, a coligação “Coragem e Atitude pra Mudar” indicou para a vaga de deputado federal o ex-prefeito de Rondonópolis Adilton Sachetti (PSB).

Leia também:  Reunião do lixo acaba sem solução em Rondonópolis

Donizette Castrillon teve o nome confirmado junto com o do tucano Rogério Salles. O empresário petebista terá a missão de dialogar com os setores de comércio e serviços, especialmente na baixada cuiabana – região que representa. O fator determinante para a escolha de Moura para a vaga foi a questão regional.

O segundo suplente não só representa o Araguaia, como possui expressiva votação nessa região nas duas últimas eleições para a Câmara Federal. Pecuarista, Moura já trabalhava na coordenação regional da campanha de Pedro Taques.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.