Candidato ao Senado Federal pela coligação “Amor à Nossa Gente”, Wellington Fagundes, afirmou que a melhoria da educação para os jovens será um dos seus principais focos de trabalho em Brasília. Para tanto, pondera, que escolheu o professor da UFMT Manoel Motta como seu suplente, para que ele o auxilie a formular propostas para o setor.

Ao longo dos seis mandatos como deputado federal, Wellington afirma que sempre buscou trabalhar por iniciativas que melhorassem a educação em Mato Grosso. O candidato, por exemplo, foi o responsável por articular recursos para a ampliação da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) em Sinop e Rondonópolis, o que possibilitou a implantação do curso de medicina nos dois municípios.

Leia também:  Aécio chora ao retornar para senado e diz que sofreu falsas acusações e uma criminosa armação

“Enxergo que é através da educação que conseguiremos ter um Estado mais avançado, onde as pessoas tenham maior qualidade de vida. Uma criança, quando tem oportunidade de estudar, vai reivindicar mais seus direitos, o que torna nosso Estado mais democrático. Por isso, escolhi o professor Manoel Motta para ser meu suplente, para que ele e ajude a desenvolver mais propostas para essa área”, disse.

Além de Sinop, diversos outros municípios já foram beneficiados com propostas de Wellington para a educação. Entre eles, Primavera do Leste, que recebeu um campus do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFMT), graças a articulação do candidato junto ao Governo Federal. Campo Verde e Água Boa, também foram beneficiados com ampliação de creches e propostas para implantação de campus do IFMT.

Leia também:  Primavera do Leste deve ter eleições no dia 19 de novembro
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.