O deputado federal Wellington Fagundes (PR) segue na frente pela disputa ao Senado como mostra a pesquisa eleitoral realizada pelo Instituto Gazeta Dados de abrangência estadual, na modalidade estimulada. Fagundes ficou com 27% da intenção de votos, seguido por Rogério Salles (PSDB) com 11% e Gilberto Lopes Filho (PSOL) apareceu em 3º lugar com 5%.

Rui Prado, pelo PSD, configura 3% da preferência do eleitor, seguido por Amorézio Dias (PHS), com 1%, que teve o pedido de registro de candidatura indeferido pela Justiça Eleitoral. Votos nulos ou brancos somaram 13%, não souberam responder ou preferiram não emitir opinião 40%.

A pesquisa eleitoral também apontou Amorézio na liderança da rejeição entre os eleitores, contabilizando 7%. Gilberto Lopes, nesse quesito, soma 6% e Rui Prado, 5%. Os candidatos Wellington Fagundes e Rogério Salles empatam neste quesito, com 4% cada um. Não responderam ou não souberam 57% dos entrevistados. Amorézio também é o candidato mais rejeitado na opinião de eleitores da Capital, com 6%, como verificado na pesquisa Gazeta Dados, publicada na quarta-feira (13).

Leia também:  “Estão brincando com a cara do cidadão de Rondonópolis” diz Thiago Muniz sobre paralisação dos serviços da Santa Casa

A pesquisa quantitativa foi registrada junto ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) sob o número 00048/2014, utilizando técnica survey, que consiste na aplicação de questionário padronizado a uma amostra representativa do público pesquisado. A margem de erro é de 3% para mais ou para menos e o intervalo de confiança da pesquisa é de 95%. Significa dizer que se fossem realizadas 100 pesquisas, em 95 delas o resultado estaria igual aos apresentados, dentro da margem de erro. A pesquisa foi realizada em 66 municípios do Estado de Mato Grosso, entre os dias 8 e 10 de agosto deste ano.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.