As inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) direcionado às pessoas privadas de liberdade iniciam na próxima terça-feira (30). O edital está publicado na edição de hoje (25) do Diário Oficial da União.

O procedimento é feito exclusivamente pela internet e termina no dia 30 de outubro. As provas serão aplicadas nos dias 9 e 10 de dezembro nos presídios e nas unidades de internação, no caso dos jovens que cumprem medidas socioeducativas.

A responsabilidade pelas inscrições fica por conta dos coordenadores pedagógicos das unidades de privação de liberdade. Participam do exame os presos e internos de unidades que firmaram termo de compromisso com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep).

Leia também:  Homem é resgatado por policiais após cair em cisterna de 30 metros em SP

PROVA

No primeiro dia de prova, os participantes terão quatro horas e meia para responder às questões de ciências humanas e suas tecnologias e de ciências da natureza e suas tecnologias. No segundo dia, eles terão uma hora a mais de exame, que abordará as linguagens, os códigos e suas tecnologias, redação e matemática. A aplicação das provas começa às 13h.

No ano passado, o Enem para pessoas privadas de liberdade teve 30 mil inscritos, número 28% superior ao registrado em 2012. A nota do exame pode ser usada para o acesso a cursos de educação superior e para obter a certificação do ensino médio.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.