Marola  Antonio donizeteAlto Taquari contribui anualmente com a Fundação Pio XII – Hospital de Câncer de Barretos através de doações arrecadada no Leilão Direito de Viver, evento este organizado pela Comissão de Eventos Beneficentes criada em prol do Hospital do Câncer, apesar dos eventos beneficentes pela primeira vez
Alto Taquari estará fora do calendário de visita da “carreta do câncer”.

Segundo o coordenador da comissão de eventos no município, Antônio Donizete Garcia, a carreta não visitará Alto Taquari este ano pelo fato de ter apenas uma para atender 409 municípios, “a demanda de municípios que estão colaborando com o hospital cresceu de 209 para 409 e há somente uma carreta e uma equipe para atender todos os municípios, ficando assim um agendamento para Alto Taquari no próximo ano” disse.

Para Garcia a preocupação da sociedade quanto a vinda da carreta ao município é plausível, pois o cidadão taquariense participa diretamente dos eventos voltados a arrecadação de valores para o hospital. “Estes nove anos foram realizados mais de 2 mil atendimentos através da carreta e por isso contratamos um técnico de enfermagem e o encaminhamos para Barretos, onde realizou um curso de capacitação estando apto para realizar o pré-atendimento no município através da triagem” concluiu.
Os integrantes da comissão de eventos são os únicos credenciados e autorizados a realizarem o Leilão Direito de Viver no municio, evento este beneficente em prol do Hospital do Câncer. Para evitar fraudes quanto as doações que somente os credenciados junto a instituição estão aptos a cederem entrevista ou realizar eventos utilizando o nome da instituição.

Leia também:  BR-364 é interditada entre Rondonópolis e Cuiabá nesta terça

A CARRETA

Na carreta é realizado apenas três especialidades de exames; pele, útero e próstata, “se detectada alguma alteração o paciente é convidado ir ao Hospital em Barretos para realizar exames mais detalhados”, concluiu o técnico de enfermagem responsável no município Robson Esmerino.

SOLUÇÃO

Uma equipe formada por quatro profissionais é responsável pelo atendimento de 409 municípios, e para isso a equipe conta apenas 204 dias úteis. Com o aumento dos municípios que estão contribuindo com o Hospital e para atender a esta demanda, que está sendo confeccionada mais uma carreta para normalizar as visitas e atendimentos pelo Brasil, no entanto, não se sabe a data certa que esta carreta estará pronta.

LEILÃO

Leia também:  Incêndio atinge Posto de saúde em Confresa

Realizado desde o ano de 2005, o leilão tem como objetivo único e exclusivo angariar fundos a serem doados para a Fundação Pio XII- Hospital de Câncer de Barretos que é referência mundial no tratamento do câncer.

“Nestes nove anos de trabalho solidário conseguimos através dos leilões realizados em Alto Taquari enviar para o hospital mais R$700 mil reais e mais carro zero km” disse o coordenador.
A população sabendo da necessidade de doação para que a carreta possa visitar os municípios pelo Brasil participam do evento seja através do leilão ou comprando o bingo que é realizando durante o Leilão Direito de Viver.

“A carreta nos encoraja a realizar o exame, uma vez que além de ter a maior segurança, os profissionais são de fora. Descobri que estava com câncer de mama através do autoexame, no entanto, hoje nós como dezenas de pessoas tratamos lá em Barretos e participar dos eventos é nosso dever para colaborar com essa causa”, relata a dona de casa Adriana Martins, 44 anos, diagnosticada com câncer a quatro anos.
Visita a Alto Taquari

Leia também:  Detran aponta que excesso de velocidade é a infração mais cometida em MT

Segundo Antônio Donizete, no final de outubro que o Hospital disponibilizará uma nova agenda para 2015 e provavelmente Alto Taquari estará nela.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.