Uberlândia começou a segunda-feira (27) com uma paralisação dos trabalhadores do transporte coletivo. O sindicato da categoria convocou uma paralisação para reivindicar a revisão da carga horária. Segundo as concessionárias que prestam o serviço, apenas 20% da frota está circulando. Às 14h deve acontecer um assembleia para definir os rumos do movimento, que começou ainda de madrugada. A polícia foi chamada, mas não houve confusão.

O sindicato patronal informou que a manifestação é abusiva e ilegal e por não ser amparada pela lei, haverá descontos do dia da paralisação.

Segundo as empresas, o sistema atende cerca de 180 mil passageiros por dia e emprega 2.300 funcionários.

Advertisements
Leia também:  Criminoso anuncia assalto e golpeia com faca mãe e bebê por não encontrar celular

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.