Uma preocupação da população ribeirinha e de vários lugarejos onde em outros anos foram atingidos pelas cheias, é com o período de chuvas que se aproxima, assim a possibilidade de deixá-los desabrigados e de outros prejuízos materiais é grande caso haja essa situação novamente.

No ano passado, o município de Barra do Bugres foi foco da imprensa nacional devido ao grande estrago feito pelas cheias dos rios Paraguai e Bugres e ainda outros riachos, córregos que deságuam nesses rios. O caos tomou conta do município, as águas invadiram danificando residências, plantações, matando criações de animais, gerando um prejuízo incalculável.

Toda essa situação gerou uma série de providências na época. Uma delas foi pedir socorro à Defesa Civil do Estado que providenciou dentro de suas possibilidades todo o auxílio às vítimas. Outra providência foi a instalação de aparelhos que monitorem constantemente o comportamento do Rio Paraguai, principal rio onde deságuam praticamente todos as nascentes formadoras de riachos e córregos. Esse monitoramento irá possibilitar ações assim que for constatada uma situação de risco. “A população do Município de barra do Bugres de certa forma pode ficar tranquila, pois todos os dados referentes ao comportamento do rio, ou seja, se houver possibilidade de enchentes que possam prejudicar a população, os dados estão sendo monitorados diariamente pela Defesa Civil de Cuiabá. Então havendo a probabilidade ou possibilidade de cheias, todas as ações e providências já estão preparadas. A defesa civil de Barra do Bugres e Cuiabá estão em alerta”, informou Lucinéia Ferreira da Silva, Coordenadora da Defesa Civil no município de Barra do Bugres.

Leia também:  Ouvidoria Itinerante do MPE realiza atendimento nesta quarta-feira no centro da Capital

Lucinéia ainda explicou que a sua maior preocupação é com a população ribeirinha e que para isso conta com o apoio da Secretaria de Agricultura do Município que fornece e colhe informações constantemente de assentamentos como o Cabaças que foi um dos locais com as maiores ocorrências prejudiciais durante as chuvas do ano de 2013. Outra preocupação é com as estradas vicinais que podem ser interrompidas devido a situação eminente, assim, a Secretaria de Obras do Município também é um importante prestador de serviços e informações á Defesa Civil, “Estamos trabalhando em parcerias com a prefeitura de Barra do Bugres que na verdade é a maior responsável pelas ações, embora a Defesa Civil no município seja o meio oficial de direção durante esses tempos críticos”, explicou Lucinéia.

Leia também:  Agenda cultural tem peças infantis, exposições e filmes gratuitos

Havendo um aumento na intensidade de chuvas no município, inevitavelmente a Defesa Civil entrará em ação. Este ano a estrutura ganha força através de uma grande embarcação enviada pelo Governo Federal à Secretaria de Assistência Social que também é uma importante parceira da defesa civil no município que fornece informações coletando dados e mapeando os pontos críticos em se tratando de população em geral.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.