Maurício Shogun já era um dos melhores meio-pesados do mundo e figurinha fácil no top 10 da categoria até 93kg desde muito antes da criação do ranking do UFC. Mas a derrota por nocaute técnico para Ovince St. Preux no fim de semana passado, em Uberlândia-MG, em apenas 34 segundos, jogou o curitibano para a 11ª posição da lista – ele estava em nono. Os últimos resultados de Shogun no geral também não foram bons: seis reveses e apenas três vitórias nos úlitmos nove combates. O americano, por sua vez, subiu uma colocação e é quem aparece em nono agora.

Outra mudança importante ocorreu nos médios (até 84kg), onde Vitor Belfort voltou a ser o número 2 do ranking, com Ronaldo Jacaré em terceiro. E nos penas (até 66kg), sem a presença de Chan Sung Jung, o Zumbi Coreano, que está deixando o MMA por dois anos devido ao serviço militar obrigatório em seu país, o japonês Tatsuya Kawajiri voltou a figurar no top 15, em último. Os sete lutadores que estavam atrás do sul-coreano ganharam uma posição cada.

Leia também:  Atletas sub 16 de Rondonópolis participam de competição em Cuiabá
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.