Um menino de 4 anos foi morto a tiro, na tarde de sábado (6), em Coronel Sapucaia, a 377 quilômetros de Campo Grande. O titular da delegacia de Polícia Civil da cidade, Roberto Faria, afirmou ao G1 que o suspeito é o pai do garoto, de 31 anos, que teria feito roleta-russa com ele e a enteada. O corpo foi encontrado no fim da manhã deste domingo (7).

O caso ocorreu por volta das 17h (de MS) de sábado na casa da família na Vila Nova. Segundo o delegado, o suspeito deixou apenas um projétil no revólver, girou o tambor e apertou o gatilho. A operação foi feita contra a enteada, mas a bala não saiu. Em seguida, disparou e atingiu o peito do menino, que não resistiu ao ferimento.

Leia também:  Bebê cai no chão após parto em recepção de Hospital no Distrito Federal

Logo após, o homem escondeu o corpo do filho em uma mata e foi preso por posse ilegal de arma, mas não quis revelar o local onde jogou o corpo da criança. O Corpo de Bombeiros, polícias Militar e Civil, Exército e a população auxiliaram nas buscas e, após 16 horas, o corpo foi encontrado na mata.

Ainda de acordo com o delegado, o suspeito teria afirmado que estava sob efeito de álcool. “Ele estava muito bêbado. Até por isso só conseguimos falar com ele na manhã de hoje”, afirmou o delegado ao G1.

O suspeito já tinha passagens e deve responder por homicídio e ocultação de cadáver.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.