Um jovem de 26 anos foi preso pela Polícia Judiciária Civil, na tarde de domingo (21.12), acusado de torturar a enteada de 3 anos, na cidade de Brasnorte (579 km a Noroeste). A prisão de E.S.S, 26 anos, ocorreu depois de denúncia na Delegacia da Polícia Civil, do espancamento da criança. Ele vai responder pelos crimes de tortura, resistência a prisão e desacato.

A Polícia Civil informou que o suspeito estava morando em um assentamento, às margens da Rodovia MT 170, a 20 km da cidade, e na tarde de domingo espancou a enteada de apenas 3 anos de idade, usando uma varinha. A criança ficou com vários hematomas pelo corpo e ainda foi obrigada a tomar banho com salmoura.

Leia também:  Jovem de 20 anos é morta a tiros em Mato Grosso

A menina tinha a boca tampada com um pano enquanto apanhava, para que os vizinhos não ouvisse o choro da criança.

Após a sessão de tortura, o suspeito saiu do acampamento e não foi encontrado pelos policiais. Horas depois, os acampados ligaram na Delegacia e informaram que o padrasto tinha chegado no acampamento e saiu logo em seguia dizendo que iria buscar a esposa em uma fazenda, onde ela trabalha como cozinheira, e que iria matá-la, por achar que teria sido ela a denunciante.

O suspeito foi encontrado pelos policiais civis ao retornar da fazenda com a companheira na garupa de uma motocicleta. Ao receber a ordem para que parasse, o acusado deu meia volta e retornou em alta velocidade sendo necessário uma perseguição por cerca de 5 quilômetros.

Leia também:  Coordenador de projeto social é preso em MT suspeito de aliciar adolescente e pedir fotos nuas

O agressor foi preso quando entrou na sede da fazenda. Ele resistiu a prisão e desacatou os policiais.

Segundo moradores do acampamento, o preso era muito perigoso e todos temiam a sua fama.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.