Polícia em busca do corpo - Foto: José Antônio / AGORA MT
Polícia em busca do corpo – Foto: José Antônio / AGORA MT

Após uma denúncia anônima via 190, a Polícia Militar (PM) do município de Primavera do Leste (126 Km de Rondonópolis) se deslocou para uma mata fechada localizada ao lado da rua São Sebastião, no bairro São Cristóvão, na manhã desta segunda-feira (22) em busca do corpo de uma pessoa que teria sido visto na localidade.

A vítima foi identificada como Antônio Messias Pio Santos, 41 anos, a suspeita é que o mesmo teria sido morto e enterrado no meio da mata.

Conforme relato da esposa da vítima, Rosielma Siriqueira da Silva, ao site AGORA MT, as suspeitas são de que o crime aconteceu na noite de quinta-feira (18). Ainda de acordo com Rosielma, seu esposo entrou em discussão com o suspeito na frente de sua residência, onde foi agredido violentamente e depois arrastado para a mata por volta das 22h.

Leia também:  Duas pessoas morrem em acidente entre caminhonete e carreta na MT-130

A esposa diz que na mesma noite ela procurou pelo companheiro e teve a seguinte resposta através do suspeito que disse, “seu marido foi morto e enterrado e você não precisa ter esperança de ver o mesmo e nem vai conseguir encontrar o corpo dele”.

Após essas informações, policiais fizeram diligências e acabaram localizando o suspeito que estava na praça da Fumaça, no bairro Parque Eldorado, o mesmo foi detido e levado em seguida ao local onde teria ocorrido o crime para informar onde o corpo estava.

Suspeito de ter cometido o crime - Foto: José Antonio / AGORA MT
Suspeito de ter cometido o crime – Foto: José Antonio / AGORA MT

O suspeito estava sem documentação e é conhecido apenas por Cleydson. A PM realizou novas buscas juntamente com Cleydson   que acabou não confessando o crime, mesmo assim ele permanece preso por ocultação de cadáver, em seguida foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil, onde deve dar explicações.

Leia também:  Primavera do Leste | Jovem é assassinado a caminho do trabalho

A vítima, segundo a esposa era usuário de drogas e teria roubado do suspeito uma quantia de R$ 400 em dinheiro.

O Aspirante da PM afirma que Cleydson  já tinha sido preso com uma faca ainda na noite de quinta, a arma branca teria sido usada para matar a vítima.

Um inquérito será aberto para a investigação. Novas buscas pelo possível corpo serão reiniciadas  com ajuda  da Polícia Civil.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.