A Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP) autuou em flagrante Darci Siqueira, 38, suspeito de matar uma pessoa na noite da última sexta-feira (16.01) no bairro Alvorada em Cuiabá. O suspeito confessou que desferiu os golpes de faca após discussão com a vítima, Eliovaldo Andrelino de Jesus, 48 anos, por conta do sumiço de R$ 350, 00.

A prisão foi efetuada pela Polícia Militar ainda nas proximidades do local. Os policiais encontraram o autor do crime sentado na calçada com a faca usada no crime, enrolada em um lençol. O preso foi entrevistado pelo delegado Antônio Carlos de Araújo, também no local, e confessou que teria matado o colega com quem dividia uma casa alugada no bairro.

Leia também:  Denúncia leva a captura de dois reeducandos e mulher é presa pela Força Tática por dar apoio na fuga

Em interrogatório formal na Delegacia, o preso confessou que no dia crime passou o dia ingerindo cachaça, quando chegou a vítima o acusando de roubar R$ 350, 00 e sua garrafa de pinga e depois passou a agredir a lhe agredir com um pedaço de pau.

O preso contou que não reagiu, mas pegou uma faca e colocou em sua cintura. Ele disse ainda que tentou fugir, porém a vítima foi atrás, momento que acabou desferindo o golpe de faca no colega, que caiu ao chão em óbito.

O suspeito foi autuado por homicídio qualificado, por motivo fútil e encaminhado a Penitenciária Central do Estado (PCE).

A prisão integra a operação “Impacto”, deflagrada pela Secretaria de Estado de Segurança Pública, dentro do plano operacional de 100 dias combate à criminalidade.

Leia também:  Peixoto de Azevedo | Pai e filho são detidos com armas e munições em residência
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.