Durante o verão, a estação do ano mais quente e geralmente destinada às férias, escolares e propícia às viagens, os cuidados com a pele devem ser redobrados. Para curtir o verão em segurança e tirar algumas dúvidas, conversamos com a fisioterapeuta dermatofuncional, Drª Paula Chaban ,que deu algumas dicas de como cuidar da pele.

A DrªPaula realizando um tratamento com vitamina C  na cliente - Foto: Ricardo Costa / AGORA MT
A Drª Paula Charban realizando um tratamento com vitamina C na cliente – Foto: Ricardo Costa / AGORA MT

Cuidados com a pele oleosa

No verão, a pele costuma ficar mais oleosa, geralmente esse aumento da oleosidade serve como uma defesa do organismo ao calor. Uma dica da Drª Paula Chaban para as pessoas que sofrem mais com a oleosidade nesta época do ano é usar um sabonete específico para pele oleosa.

“A gente recomenda usar um sabonete especifico para pele oleosa, aquele que tem na composição um pouquinho de ácido glicólico, salicílico que ajudam a controlar o aparecimento de cravos, da acne, e ajudam também a controlar esse manto hidrolipídico, o famoso “sebo” da pele,” disse.

Outra recomendação da fiosioterapeuta dermatofuncional é usar um protetor solar com fator acima de 30 e também especifico para esse tipo de pele. Ela explica que uma ótima “arma” para diminuir a oleosidade é usar o filtro solar em pó. “Ao invés de você ficar lavando o rosto o dia todo, você aplica esse filtro em pó, ele tampa a oleosidade e deixa com a sensação de pele limpinha e fresca. Ele fecha todos os poros”.

Leia também:  Pimentão para colorir a receita e turbinar a saúde

Para quem usa muita maquiagem durante o dia, uma dica importante para evitar a oleosidade é usar ao final do dia um demaquilante, ele é um ótimo aliado na beleza.

“Um demaquilante bom retira tudo porque só o sabonete que a gente usa para tomar banho não é o suficiente para retirar todas as impurezas da pele. É importante usar um demaquilante especifico para pele, seja seca ou oleosa, e depois usar sabonete e passar um hidratante na área dos olhos,” recomendou a fisioterapeuta.

Faça limpeza de pele menos uma vez por mês

Para a Drª Paula Chaban, a limpeza de pele é como um ritual de higiene e deve ser feito, especialmente em uma clínica, ao menos uma vez por mês. Ela serve para retirar todos os cravos e impurezas da pele. Em média, cada sessão custa R$ 120.

Um ponto a ser observado pelo cliente é se o local onde é feita a limpeza de pele é especializado e realiza um procedimento de qualidade.

Leia também:  Estar de bom humor turbina o poder da vacina da gripe

“É interessante que o cliente se informe se o profissional que irá atende-lo tem formação para aquilo. Também é interessante se informar se os produtos têm emoliente, se é feito um aquecimento para abertura de poros, se ao final é feita uma cauterização desses poros, em um aparelho de alta frequência, serve para contrair os poros e é bactericida,” ressaltou.

Profissional realizando uma técnica de rejuvenescimento facial e controle de pequenas imperções - Foto: Ricardo Costa / AGORA MT
Profissional realizando a técnica ‘Peeling de Cristal’  que promove a limpeza mais profunda da pele- Foto: Ricardo Costa / AGORA MT

Aproveitar o verão na piscina

Ideais para refrescar do calor nesta época do ano, as pessoas ficam mais expostas ao Sol e a diversão pode se tornar um pouco desconfortável se não tomar os devidos cuidados com a pele. A recomendação da fisioterapeuta dermato funcional é passar o filtro solar 15 minutos antes de entrar na piscina para que assim, ele fixe na pele. Outra dica é usar máscara capilar, principalmente, aqueles cabelos que possuem química e sofrem mais com o cloro.

Ela ainda sugere que ao sair da piscina, as pessoas procurem um chuveiro para lavar o cabelo e em seguida passar a máscara hidratante.

Leia também:  Quase um pâncreas: nova tecnologia promete ajudar os diabéticos

Manchas e sardas

Pessoas com a pele mais sensível expostas ao Sol, além de passar o protetor ideal, é que usem roupas, chapéus e acessórios com proteção solar. “No mercado já tem várias marcas que disponibilizam essa tecnologia em aparato. Pessoas de pele muito clara e tendência a ter manchas, além de passar o filtro solar de 2 em 2h devem usar essas vestimentas e chapéus,” disse.

Foto:  Jessé Giotti  /  Agencia RBS Crianças durante o verão

O verão é a estação do ano sinônimo de férias escolares para as crianças. “Como eles brincam com água, correm e transpiram tem que ser reaplicado o protetor solar a cada 2h, uma outra dica roupas de mangas cumpridas, os chapeuzinhos que tem filtro solar, eles entram muito na água não dá para reaplicar o protetor,” disse a fisioterapeuta.

De acordo com a Drª Paula Charban, crianças menores de 2 anos devem usar um protetor solar específico para a pele delas.

Outra recomendação é preocupar com a hidratação das crianças. “É muito importante hidratar muito as crianças, bastante água, sucos, água de coco é fundamental a hidratação interna para evitar a insolação”, complementou.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.