A tão sonhada primeira vitória na Fórmula 1 não aconteceu, mas Valtteri Bottas certamente não tem do que se queixar em relação a seu desempenho na temporada 2014. O finlandês de 25 anos aproveitou o salto de competitividade da Williams para se firmar como um dos destaques do campeonato, entrando inclusive na mira de times como a toda poderosa Mercedes. Bottas também conseguiu absorver a experiência do companheiro Felipe Massa, oriundo da Ferrari e dono de 11 triunfos na categoria. A avaliação é do próprio brasileiro, que não poupou elogios ao piloto em uma entrevista à revista inglesa “Autosport”.

– Valtteri tem um talento imenso. Ele é um piloto com potencial para ganhar corridas, brigar por campeonatos e vencer campeonatos. Ele tem esse tipo de talento. Eu acredito que ele cresceu muito comigo este ano, observando muitas coisas e aprendendo. Eu o ajudei ao não me posicionar contra ele. Nós somos muito abertos um com o outro e ele mostrou o quanto cresceu. É muito legal ver um piloto jovem como ele fazendo um trabalho tão excepcional – disse Massa.

Leia também:  Cuiabá Arsenal embarca em busca de vaga na final do brasileiro

Ao longo da temporada, Massa se viu ofuscado pelo companheiro, que começou na F-1 como piloto de testes da Williams, em 2012, e foi promovido a titular no ano seguinte. Apesar da diferença no rendimento dos dois pilotos, nem mesmo episódios como o da polêmica frase “Valtteri is faster than you” (Valtteri está mais rápido do que você), no GP da Malásia, foram suficientes para desencadear atritos e rivalidade interna aos moldes do que ocorreu com Lewis Hamilton e Nico Rosberg na Mercedes. Para o brasileiro, o clima de respeito prevaleceu durante o campeonato.

– É legal ver que ele quer me superar, mas me respeita, e o mesmo ocorre da minha parte. Nós trabalhamos com muito respeito e isso é positivo. Ele é parte da evolução desta equipe. Nossos estilos de condução não são muito diferentes e nós usamos configurações semelhantes em muitas corridas. Isso realmente ajuda – analisou Massa.

Leia também:  União joga domingo diante do Sinop no Luthero Lopes

Com seis pódios, Bottas terminou o campeonato com 186 pontos e em quarto lugar, à frente até mesmo do tetracampeão Sebastian Vettel e do bicampeão Fernando Alonso. Massa teve três pódios e contabilizou 134 pontos, finalizando a temporada na sétima posição (veja a classificação completa). A dupla continuará a defender a Williams em 2015. Apesar do assédio de outras equipes em relação ao finlandês, a escuderia britânica está otimista sobre a renovação do piloto para as próximas temporadas. O atual vínculo termina no fim deste ano.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.