O corpo da mulher encontrada carbonizada no último domingo (01) em um terreno baldio no Centro da cidade ainda não teve a identidade confirmada.

Apesar da suspeita de familiares que seja Miriam Carvalho Garcia, devido a algumas características e um anel usado pela vítima, o técnico em necropsia do Instituto Médico Legal (IML), Wladimir Nascimento, afirmou que o material genético foi recolhido, mas que o resultado só deve chegar no fim da próxima semana e só assim a identidade será confirmada.

De acordo com a polícia, há a suspeita de que a vítima tenha sido esfaqueada e só depois queimada. Segundo testemunhas que trabalham próximo, o corpo deve ter sido incendiado durante a madrugada, já que ainda havia focos e fumaça quando as mesmas chegaram para trabalhar.

Leia também:  Grupos que assaltaram cooperativa de crédito e agência dos Correios em MT são detidos
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.