O aguardado momento do retorno de Fernando Alonso após o acidente nos testes da Fórmula 1 em Barcelona, em fevereiro, foi visto nesta sexta-feira. Guiando a McLaren no circuito de Sepang, nos primeiros treinos livres do GP da Malásia, o piloto espanhol aprovou o rendimento da escuderia na pista, mesmo ele ficando em 14º (primeira) e 16º lugares (segunda) nas sessões desta sexta. Até por conta dos próprios resultados, o bicampeão mundial reconheceu que ainda não está totalmente em forma para a prova.

– Me senti ótimo dentro do carro. Depois da academia, do simulador, qualquer coisa que você faça não é o mesmo que o carro, então curti muito pilotar aqui. Obviamente que as condições estão extremas e está muito quente, demanda muito da parte física. Não estou 100% fisicamente e em forma depois de duas semanas no sofá e duas semanas sem estar no carro, mas deu para aproveitar – avaliou o bicampeão, que deu 45 voltas no total nesta sexta.

Leia também:  Copa do Brasil é a meta de Pesso

Apesar de estar retornando, Alonso teve melhor desempenho que o companheiro de equipe, Jenson Button. O espanhol levou a melhor nos dois treinos livres com os tempos de 1m42s885 no primeiro e 1m42s506 no segundo, ficando à frente do inglês, que fez, respectivamente, 1m43s100 (17º lugar) e 1m42s637 (17º).

Ainda que a equipe esteja dentro dos piores tempos na Malásia, Alonso acredita que a escuderia já apresentou sinais de melhora em relação ao GP da Austrália, há duas semanas, quando Button e o substituto do espanhol, Kevin Magnussen, estavam na última fila. O dinamarquês teve um problema no motor antes da largada e o inglês foi o último dos 11 carros que conseguiram cruzar a linha de chegada.

Leia também:  Com a demissão de Ceni, São Paulo vai completar 16 técnicos em 8 anos

– Está bem melhor. A experiência que tivemos no inverno foi de muitos problemas após quatro ou cinco voltas. Mas hoje fizemos 45 voltas com zero problemas, tudo correu como previmos. Vamos ver agora como será no classificatório. Acho que ficamos 4s6 atrás da pole position na Austrália, aqui talvez possa ser 3s5, então 1s ou 1s5 de ganho em duas semanas é um grande passo à frente.

Os pilotos voltam à pista na madrugada do próximo sábado, às 3h (horário de Brasília), para o 3º treino livre, com exibição do SporTV. A TV Globo transmite todas as emoções do GP da Malásia a partir das 4h de domingo.

Leia também:  União faz neste sábado primeiro jogo da final do sub-19
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.