A 1ª etapa de vacinação contra febre aftosa de 2015 começa nesta sexta-feira (1º) e segue até o dia 31 de abril. Com exceção das propriedades localizadas no baixo Pantanal, todo rebanho de bovino e bubalino de zero a 24 meses de idade deve ser imunizado. De acordo com Instituto de Defesa Agropecuária de Mato Grosso (Indea-MT), a estimativa é que 12,6 milhões de animais sejam vacinados no Estado. O lançamento da campanha ocorreu na manhã de ontem (30).

O pecuarista que não tiver imunizado o gado e/ou não comunicar o Instituto de Defesa Agropecuária de Mato Grosso (Indea – MT) até o dia 10 de junho poderá ser multado em 2,25 Unidade de Padrão Fiscal (UPF) por cabeça, valor que chega a quase R$ 250,00.

Leia também:  Corregedoria da PM diz que 'Núcleo de Inteligência' foi criado para fazer interceptações ilegais

“O produtor também fica impossibilitado de emitir Guia de Trânsito Animal (GTA) por um período de 30 dias até que a situação seja regularizada”, informa o presidente do Indea-MT, Guilherme Nolasco. Segundo ele, a meta é chegar quase a 100% de índice de vacinação.

O estado de Mato Grosso não registra caso de aftosa desde 1996, e é reconhecido pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) como território livre da doença com vacinação.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.