A 1ª etapa de vacinação contra febre aftosa de 2015 começa nesta sexta-feira (1º) e segue até o dia 31 de abril. Com exceção das propriedades localizadas no baixo Pantanal, todo rebanho de bovino e bubalino de zero a 24 meses de idade deve ser imunizado. De acordo com Instituto de Defesa Agropecuária de Mato Grosso (Indea-MT), a estimativa é que 12,6 milhões de animais sejam vacinados no Estado. O lançamento da campanha ocorreu na manhã de ontem (30).

O pecuarista que não tiver imunizado o gado e/ou não comunicar o Instituto de Defesa Agropecuária de Mato Grosso (Indea – MT) até o dia 10 de junho poderá ser multado em 2,25 Unidade de Padrão Fiscal (UPF) por cabeça, valor que chega a quase R$ 250,00.

Leia também:  Seleção para estagiários do curso de Direito no MPC-MT segue até 10 de novembro

“O produtor também fica impossibilitado de emitir Guia de Trânsito Animal (GTA) por um período de 30 dias até que a situação seja regularizada”, informa o presidente do Indea-MT, Guilherme Nolasco. Segundo ele, a meta é chegar quase a 100% de índice de vacinação.

O estado de Mato Grosso não registra caso de aftosa desde 1996, e é reconhecido pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) como território livre da doença com vacinação.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.