Já virou novela o julgamento de Anderson Silva em seu caso doping ocorrido em janeiro deste ano. Mais uma vez ele ficou de fora a pauta do encontro mensal da Comissão Atlética de Nevada, que acontecerá nesta sexta-feira, dia 15. A entidade acabou de divulgar a agenda da reunião e não consta o caso do brasileiro. Por outro lado, seu último adversário, Nick Diaz, terá o flagrante no antidoping por uso de maconha analisado.

Não qualquer previsão de quando acontecerá o julgamento do ex-campeão dos médios do Ultimate depois de ter sido flagrado três vezes em exames antidoping, um antes e dois no dia de sua vitória sobre o norte-americano, em 31 janeiro passado, duas vezes pelo uso de anabolizantes e outra por ansiolíticos que foram ministrados sem a autorização da comissão.

Leia também:  MT | Inscrições para Circuito Estadual de Tênis encerram nesta segunda

Vale lembrar que ele deve pegar um gancho de pelo menos um ano, retroativo do dia da luta. Uma punição pesada deve afetar diretamente os planos do lutador de disputar as seletivas do tae kwon do para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em 2016, seu atual projeto diante de seu afastado do MMA.

Os advogados de Anderson Silva estão conseguindo adiar o julgamento desde 17 de fevereiro, quando ele foi suspenso preventivamente por um ano. Essa é a 3ª audiência em que seu caso poderia ser analisado, mas ficou de fora mais uma vez. Agora é aguardar a pauta de junho da entidade.

Leia também:  Brasil dá show em Cuiabá e avança no Grand Prix
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.