O Governo Federal adiou para o início de agosto o fim da campanha de vacinação 2015 contra a Influenza (gripe) no Brasil. Embora o prazo tenha se estendido, o planejamento da Secretaria de Saúde Municipal para executar a imunização já alcançou a meta mínima a 30 dias do fim do período estipulado. Nesta terça-feira (30), Rondonópolis já possui 91,05% do público prioritário vacinado.

A enfermeira e técnica responsável pelo Departamento de Imunização Municipal, Noeny Pereira, conta que um trabalho intensificado em cada uma das 37 unidades de Estratégia de Saúde da Família – ESF conseguiu aumentar o número de vacinados, sobretudo em grupos em que os índices ainda estavam abaixo do satisfatório.

Leia também:  Cáritas Diocesana realiza projeto: 75 anos em defesa da vida

“No início de junho, com já quase um mês de campanha, ainda havia uma procura de apenas 67% das gestantes. Claro que estes números foram prejudicados por um pequeno atraso que houve nos repasses das doses a nós. Mas conseguimos vencer os contratempos e nos últimos 20 dias alcançamos 82,95% das gestantes e 86,09% das crianças até cinco anos, que também estavam abaixo da meta. Como o mínimo preconizado pelo Ministério da Saúde é 80% para cada grupo e no geral, batemos todas as metas”, disse Noeny.

Em números gerais, até o momento foram 2.301 gestantes imunizadas, 16.109 idosos (96,81%), 455 puérperas – até 45 dias após o parto – (99.78%), 4.165 trabalhadores da saúde (97,45%) e 12.654 crianças até cinco anos, somando 91,05% do público geral identificado. O Governo Federal ainda não se pronunciou se a campanha se estenderá, após o fim da imunização dos grupos prioritários, para o cidadão comum.

Leia também:  Rondonópolis participa de ato contra reformas trabalhista e previdenciária nesta sexta-feira (30)
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.